Vendas do Dia dos Pais devem crescer cerca de 30% em Mogi, diz Associação Comercial

Incentivados pelas medidas de flexibilização e datas comemorativas, comércio consegue vislumbrar melhora no segundo semestre

A confiança do comerciante ganha novo fôlego para o segundo semestre de 2021 em Mogi das Cruzes, depois das medidas de flexibilização anunciadas esta semana pelo Governo do Estado. Com datas comemorativas se aproximando, como a do Dia dos Pais, celebrada no próximo domingo (dia 8), a previsão é de que as vendas voltem a crescer, principalmente após a alta demanda no Dia das Mães.

Segundo dados da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), a data que celebra os papais deve superar em 30% as expectativas, se comparada ao mesmo período de 2020. Levando em conta a flexibilização aplicada pelo governo estadual, bem como a reabertura das lojas e o resultado do Dia dos Namorados, o recente crescimento deste setor foi observado no Índice da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), que mostrou uma alta de 10,91% na confiança do empresário do comércio do Estado de São Paulo no mês de julho, levando em consideração junho de 2021.

"O comércio começa a dar sinais de uma recuperação consistente. No Dia dos Pais, os setores que devem registrar mais movimento são o de vestuário, calçados e acessórios, além dos restaurantes. Esta data será importante para alavancar a recuperação econômica", afirma a presidente da ACMC, Fádua Sleiman.

Muitas opções foram desenvolvidas para que os comerciantes se mantivessem ativos no mercado, entre elas a presença deles nas redes sociais e na internet ajudaram bastante nesse processo. Em uma pesquisa atual realizada pela plataforma de vendas Shopee nos mostra que, no Dia dos Pais, as pessoas gastarão mais.

Segundo a pesquisa, a previsão é de um gasto médio de R$ 245 neste Dia dos Pais, tendo por base o Dia dos Namorados, que foi de R$ 240, e o Dia das Mães, que foi de R$ 210. O levantamento mostrou que os presentes preferidos são os calçados, com 16% de intenção de compra. Em seguida, aparecem os acessórios, joias e artigos esportivos.

Campanha

Incentivando esses números a crescerem ainda mais, a ACMC desenvolveu a campanha “Compre no Comércio Local”, que segue até outubro. "A ação já tem demonstrado bons resultados, pois tem movimentado não apenas os estabelecimentos da região central, mas de todos os bairros de Mogi. O mais importante é que os prêmios da campanha são vales-compras nas lojas participantes, ou seja, o dinheiro retorna para o próprio comércio", observa a presidente.

Para participar da ação, basta comprar R$ 50 nas lojas parceiras e preencher o cupom, que será sorteado no dia 19 de agosto. Dessa forma, observar com bons olhos o maior movimento no comércio durante datas comemorativas torna-se mais do que necessário para estabelecer um termômetro e identificar as novas tendências do setor no Alto Tietê.