Perdoar para ser perdoado

Reprodução

Mateus 6: 14 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; 15 se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas. Não é difícil falarmos sobre o perdão, aliás até gostamos de falar sobre isso. O nosso desafio depois de falar sobre perdão é praticar o perdão. Na prática a teoria é outra. O perdão é o tema central do Cristianismo. É a razão de ser da cruz de Cristo. A morte de Jesus foi o alto preço pago para que o perdão se tornasse uma realidade na sua vida, na minha vida, e Deus nos deu o exemplo em Cristo de como devemos fazer.

O perdão dos nossos pecados através de Jesus Cristo elimina a distância entre nós e Deus. É um elo que nos conecta de volta a Deus. E com isso, aprendemos que o perdão deve ser praticado por nós com as pessoas da nossa convivência, pessoas que nos magoaram ou que magoamos, pessoas que nos feriram ou que ferimos, pessoas que precisamos perdoar ou pedir perdão para nos unirmos no amor de Cristo.

Você pode pensar, mas pastor tem umas pessoas que é difícil de perdoar e de pedir perdão. Fizeram muitas coisas ruins para mim, não sei se consigo perdoar, elas não merecem o meu perdão. Vamos lembrar de uma coisa séria aqui. Jesus estava sendo insultado e crucificado por uma multidão, sem culpa nenhuma. E Ele no momento final de sua vida diz: Pai perdoa, eles não sabem o que fazem. Aquelas pessoas não mereciam o perdão, mas Jesus as perdoou assim mesmo.

Estar pronto para perdoar é compreender o significado desta graça que Jesus liberou ali naquele momento de agonia para seus acusadores. Precisamos compreender isso com urgência. Pois temos muito a pedir perdão e muitas pessoas a perdoar. Perdoar um pai, um filho, um irmão, um vizinho, um amigo. Pessoas que nos feriram. Vamos aqui pela Palavra do Senhor Jesus começar esse entendimento, essa compreensão.

Jesus, disse: “E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas” Mc 11:25. Perdoar é um ato de amor é dar algo de valor a quem não merece. O escritor Philip Yancey disse que: “O perdão é a única alternativa que pode parar o ciclo do ódio, da culpa e da dor”.

Agora olhe para dentro de você, como está o seu coração diante de Jesus? Você tem perdoado aqueles que tem te ofendido? Precisamos avaliar o nosso coração, fazer uma investigação nele, verificar se não tem resíduos de mágoas, palavras que nos ofenderam e acumulamos. Assim é o perdão, um presente que o ofensor não merece, mas precisa e você deve oferecer a ele assim mesmo. O perdão de verdade é como fazer uma limpeza no coração. Perdoar é retirar toda a sujeira emocional, sentimental, jogá-la fora e ser livre de todas as acusações que possam pesar contra você.