Mogi das Cruzes acata recomendação do MP e exonera Henrique Naufel

O secretário de saúde da cidade foi vacinado em janeiro, no entanto, não atuava na linha de frente da pandemia, ou seja, não fazia parte do grupo prioritário

Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

O secretário municipal de saúde de Mogi das Cruzes, Henrique Naufel, foi exonerado do cargo após recomendação do MP-SP (Ministério Público de São Paulo). A informação foi confirmada pela Prefeitura Municipal na manhã desta segunda-feira, 12.

Segunda a Promotoria de Justiça, que recomendou a exoneração em 8 de março em um prazo de 30 dias, Naufel, que é médico, não poderia ter sido vacinado no dia 20 de janeiro, visto que, não atuava na linha de frente da pandemia, ou seja, não fazia parte do grupo prioritário.

Em nota, o Executivo se posicionou sobre o caso: “A Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes informa que o secretário municipal de Saúde, Dr. Henrique Naufel, foi desligado da função nesta segunda-feira (12/04). A medida atende a recomendação do Ministério Público do Estado de São Paulo, que orientava para a exoneração do chefe da pasta da Saúde. O Executivo esclarece que os trabalhos no combate à pandemia seguirão de forma intensa, baseados na ciência e na razão.  Uma comissão interna vai assumir temporariamente a Secretaria da Saúde para que não haja prejuízo aos serviços prestados e também para conduzir um diagnóstico da pasta. Estes dados irão subsidiar o novo nome que vai assumir a função e que, no momento, segue em tratativas.”