Dia dos Pais é esperado com otimismo pelo setor varejista

Com boas projeções, data vem sempre acompanhada por bons resultados nas vendas por lojistas e comerciantes em geral, além de uma renovação comercial e sentimental 

Divulgação/ACMC

Celebrar a paternidade e a presença dessa figura protetora em nossas vidas é um um dos principais motivos para a comemoração do Dia dos Pais, e, neste ano de 2021, tanto o setor comercial quanto os consumidores terão mais motivos para sorrir.

Após um período conturbado no ano de 2020 por conta da pandemia da Covid-19, que afetou diretamente o cenário econômico brasileiro em diversas datas comemorativas que ocorreram ao longo do ano, o otimismo e as boas projeções tomam conta de um dos setores mais afetados por conta da pandemia: o comércio.

A presidente da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), Fádua Sleiman, enxerga essa data com bons olhos para o comércio mogiano. Em uma recente estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), um movimento de R$ 6,03 bilhões no varejo brasileiro é esperado para a data.

O volume esperado para o Dia dos Pais deste ano é 13,9% maior que em comparação ao mesmo período de 2020, quando foram gerados R$ 5,30 bilhões em vendas, um recuo de 11,3%, levando em conta os números de 2019.

 

Mudanças de hábitos

Escolher o presente ideal é um dos principais objetivos de quem deseja presentear nesse Dia dos Pais e, aos poucos, os hábitos dos papais se tornaram mais modernos. Aparelhos eletrônicos, acessórios esportivos e até mesmo clássicos como roupas e calçados ocupam o pódio dos produtos mais comprados para presente.

Comprando uma cafeteira elétrica para seu pai, o estudante Luis Césare comenta que, mesmo com presentes sendo modificados no decorrer dos anos, os preços ainda continuaram altos, acrescentando que isso acaba prejudicando diretamente o bolso do consumidor.

Seguindo a tendência, mas agindo de forma mais equilibrada, Amanda Borges afirma que o presente para seu pai será uma mistura dos tradicionais e os que se tornaram tendências atualmente: “Vou comprar itens básicos que ele precisa, como camisetas e meias. Mas também pensei em dar uma caneca e um quadro geek”, completou.

Apesar das mudanças nas tendências, o amor e o afeto pelos pais ainda são os principais motivos de comemorar a data, segundo Beatris Gasparini: “Acredito até que o presente ficou em segundo plano, já que o valor ao momento em família e estar presente tornou-se algo mais valioso. Ter saúde e poder comemorar essa data com quem amamos é o melhor presente.”

Com boas projeções para o comércio e boas vibrações para os que querem aproveitar com a família, o Dia dos Pais de 2021 promete ser mais um dos marcos que representam a nova vida que levaremos após meses conturbados.