1,6 mi de declarações são entregues no dia final do IR

Foram feitas 34,1 milhões declarações

Governo Federal

Na última segunda-feira, dia 31 de maio, foi encerrado o prazo para a entrega da documentação preenchida pelos contribuintes do Imposto de Renda da Pessoa Física, ano de 2021.

De acordo com o supervisor do Programa do IR, José Carlos Fonseca, no último dia, foram entregues mais de 1,627 milhão de declarações. “Estes 92 dias que tivemos para a entrega da declaração do Imposto de Renda de 2021 pelas pessoas físicas ocorreram sem sobressaltos”, enfatiza Fonseca.

Os dados da Receita Federal também ressaltam que até ás 23h59, da segunda-feira, dia 31, foram feitas 34,1 milhões declarações de Imposto de Renda, sendo 94% pelo Programa IRPF, 4% por meio de tablets/celulares e 1% através do e-CAC.

No Alto Tietê, de acordo com a Receita Federal, levando em consideração apenas as cidade mais populosas da região- Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá- 254.772 cidadãos acertaram as contas com a Receita Federal neste ano, número que supera em 9,3% o valor obtido em 2020.

É informado pelo Ministério da Economia que, após o prazo estabelecido, a Receita Federal cobra uma multa por atraso na entrega da declaração. O valor mínimo desta penalidade é de R$ 165,75, mas pode chegar a até 20% do valor do imposto.

O prazo do envio foi prorrogado por causa da pandemia de Covid-19, no entanto, o cronograma de pagamento das restituições foi mantido, “foram priorizados pagamentos a contribuintes com mais de 60 anos, pessoas com deficiência ou moléstia grave, pessoas que obtêm a maior parte da renda a partir do magistério e, por fim, contribuintes que não fazem parte desse grupo, mas que foram os primeiros a entregar a DIRF 2021. Neste grupo inicial, mais de 3,446 milhões de contribuintes receberam suas restituições”, finalizou o supervisor do Programa do IR, José Carlos Fonseca.