Onze estados fizeram pedido da Coronavac

Primeira dose da vacina tem previsão de acontecer em janeiro de 2021

Reprodução

Na última quarta-feira, 9, João Dória, atual governador do Estado de São Paulo, informou que dez estados fizeram a solicitação da vacina Coronavac, produzida em parceria da Sinovac (laboratório Chinês) em parceria com o Instituto Butantan. Dentre os estados estão Acre, Pará, Maranhão, Roraima, Piauí, Mato Grosso do Sul, Espirito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Sul.
Segundo o governador, o governo de São Paulo disponibilizou 4 milhões de doses, para assim vacinar os profissionais de saúde em outros estados do Brasil. A vacina atualmente está na terceira fase de seus testes, e antes de ser disponibilizada precisa ser comprovada com segurança pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com as informações divulgadas, a previsão é que os documentos sejam entregues para a Anvisa no dia 15 de dezembro, e a vacinação, a partir do dia 25 de janeiro de 2021, com prioridade para os grupos de risco, como pessoas acima dos 60 anos.