Após sofrer uma parada cardiorrespiratória morre o maior ídolo do futebol argentino

Maradona realizou uma cirurgia no cérebro no início de novembro

Reprodução

Nesta terça-feira, 25, o argentino e ex-jogador de futebol, Diego Armando Maradona sofreu um mal súbito dentro de sua casa, em Tígre. Foram chamadas ambulâncias porém o ex-jogador não resistiu e sua morte foi confirmada pela imprensa argentina.

A lenda do futebol mundial, havia passado por uma cirurgia de última hora no início do mês.  Segundo os médicos o procedimento apesar de delicado, não apresentava muitos riscos e era considerado simples, contudo a saúde do paciente era um ponto de atenção.

Após a cirurgia no cérebro Maradona permaneceu por mais de uma semana internado, tendo alta no dia 12 deste mês. Desde então o “pibe de ouro”, como é carinhosamente conhecido, continuou a recuperação em sua residência.

Participante de 4 copas do mundo, em 1982, 1986, 1990 e 1994, o campeão do mundo construiu uma carreira brilhante e participou de mais 90 jogos com a seleção de seu país. Em 1994, no Mundial dos Estados Unidos, o camisa 10 passou pelo pior momento profissional, quando foi pego no exame antidoping e foi expulso do time argentino.

Hoje o futebol perde uma grande personalidade, deixamos aqui nossos sentimentos à todos familiares e amigos.