Profissionais da Contabilidade falam sobre o atual cenário econômico

Nesta semana, aproveitando o Dia da Contabilidade celebrado em 25 de Abril, o Jornal O Novo conversou com dois profissionais da área para tratar sobre a importância da profissão e sua influência em momentos de crise. Douglas Gomes Ribeiro, 71, do Escritório São José, localizado em Guararema, atua como técnico em Contabilidade há 30 anos. A profissão, segundo ele, é importante para tomada decisão de uma empresa. “Através de seus números o empresário pode tomar decisões importantíssimas para o futuro da empresa. No caso de uma crise financeira, a contabilidade consegue antecipá-la”, explica. Ainda se tratando de leis, o contador Luis Gustavo Usier, da Resolve Contabilidade, também de Guararema, afirma que na profissão “o maior desafio hoje é entender a legislação, que é muito complexa e exigente, e fazer com que o empresário/cliente, entenda também”. Dos 48 anos de Usier, 33 foram e continuam sendo dedicados à Contabilidade. Para ele, o atual cenário econômico, tanto regional quanto nacional, é preocupante. “Este é um ano difícil, temos Copa do Mundo e eleições, teoricamente é um ano parado. Não vejo possibilidade da crise melhorar em 2018. Se existir melhora, vai ser muito pequena. Tomara que eu esteja errado”, conclui Luis Gustavo. Ainda a respeito do assunto, o técnico Douglas completa que este cenário está dependendo das eleições para mudanças. “Os governantes deverão fazer as reformas necessárias, embora amargas. Elas precisarão ser feitas independentes da opinião do povo”, alega. Em momento de crise, Usier vê a Contabilidade como uma ferramenta importante. Segundo o contador, planejamento financeiro e tributário devem caminhar juntos pois só assim a empresa vai conseguir sobreviver.