Obra do Hospital Municipal com UTI será prioridade no mandato de Zé

Prefeito que assumirá o cargo em 2021 explica o grande desafio de ser sucessor de Adriano Leite

Divulgação

Após o resultado da eleição municipal de 2020, realizada no domingo, dia 15, que em seu primeiro turno confirmou Zé (PL) como o novo prefeito de Guararema e Odvane (PL) como seu vice-prefeito, os políticos tem se mantido ocupados com o processo de transição para seu governo, que se inicia em janeiro de 2021. Mesmo com a grande carga de afazeres, Zé cedeu ao Jornal O Novo uma entrevista exclusiva para falar sobre sua relação com os demais prefeitos já eleitos do Alto Tietê, as diferenças que se encaminham com a nova gestão, o enfrentamento da pandemia em 2021, a escolha de novos nomes para atuar no governo, o cancelamento do Cidade Natal e as primeiras ações que serão tomadas pelo político quando assumir o cargo de prefeito de Guararema.

São muitos os Planos de Governo estipulados por Zé, que entre 2021 e 2024, pretende criar novos empregos, atrair indústrias e investimentos para a cidade, duplicar a ponte sobre o Rio Paraíba, aperfeiçoar o sistema de transporte público municipal, reforçar o Centro de Segurança Integrada (CSI) com câmeras mais modernas para reforçar o monitoramento, revitalizar o teatro da cidade, o Mercadão Municipal, etc. Confira a nossa entrevista:

Como está funcionando o processo de transição para o seu mandato?

“Foi publicada portaria com os membros da comissão, designada pelo prefeito Adriano Leite, para acompanhar o processo de transição, bem como fornecer dados contábeis, patrimoniais e financeiros com toda lisura e transparência que o processo exige. Na terça-feira (24/11) eu e Odvane participamos da primeira reunião junto ao prefeito Adriano e membros da comissão”.

Em relação ao Condemat, já há uma relação estabelecida com os prefeitos eleitos das demais cidades do Alto Tietê?

“Tenho uma boa relação com os demais prefeitos eleitos pelo PL, o Rodrigo Ashiuchi, de Suzano; O Inho, de Biritiba Mirim; o Vanderlon, de Salesópolis e o Adriano Levorin, de Santa Branca. Acredito que assim que tivermos o resultado do segundo turno nas cidades de Mogi das Cruzes e Guarulhos estaremos nos reunindo junto aos demais prefeitos para dar continuidade aos trabalhos em prol do desenvolvimento regional”.

Apesar de terem linhas de pensamento parecidas, todo prefeito tem suas individualidades, o que podemos esperar de diferente entre a sua gestão e a de Adriano Leite?

“Exatamente, cada prefeito que passou por Guararema tem o seu perfil. O que todos temos em comum, desde a dona Conceição passando pelo Vicente Mariano, deputados Marcio Alvino e André do Prado e o prefeito Adriano, e o que podem esperar de mim, é o padrão de DNA da qualidade em Guararema. O Adriano é um excelente prefeito, tem uma postura muito executiva e correta, com certeza será um grande desafio sucedê-lo”.

Qual será seu grande primeiro projeto de gestão em Guararema?

“Temos pela frente o grande desafio de fortalecer a nossa economia, gerar emprego e renda para a população e enfrentar a pandemia com cautela, sempre mantendo a qualidade dos serviços públicos, além disso temos o compromisso em dar celeridade às obras do Hospital com UTI. Nosso primeiro projeto certamente será priorizando estes pilares''.

Pode nos falar o nome de alguns dos integrantes de sua equipe que atuarão na cidade nos próximos quatro anos?

“Temos atualmente técnicos excelentes à frente das secretarias. Eu e o Odvane estamos avaliando como proceder para garantir que o trabalho que vem sendo adotado tenha continuidade e melhore cada vez mais''.

Após o cancelamento do cidade natal, que ajuda muitos comerciantes do município, algum plano será feito no seu governo para ajudar esses empreendedores?

“O Cidade Natal é um evento excelente, porém precisa passar por ajustes e, mais do que isso, precisamos criar mais eventos para movimentar o comércio e atrair turistas para Guararema durante o ano todo. O Turismo é um grande propulsor econômico no município, por isso vamos investir para termos o retorno esperado, que é o guararemense trabalhando e a economia girando bem, quem tem a ganhar é a população”.

Por fim, gostaria de deixar algum recado para os leitores do O Novo?

“Quero aproveitar o espaço para agradecer pelos 8.954 votos de confiança. Neste ano completei 60 anos e esta foi a minha primeira eleição e podem ter certeza, se eu resolvi encarar este desafio é para dar o melhor de mim e ajudar a construir um pouco da história de Guararema, da história do cidadão guararemense. É para ver a nossa cidade avançar cada vez mais! Muito obrigado!''.