Ácido Hialurônico X PMMA  

Entenda as grandes diferenças entre os dois

Reprodução

Acho muito importante falarmos sobre esse assunto que nos últimos tempos está saindo muito na mídia casos de aplicações de PMMA  ao invés de Ácido Hialurônico. Profissionais que dizem estar aplicando um e, na verdade, aplicam outro produto (PMMA)

Mas você sabe o que é PMMA?

O PMMA é um material formado por microesferas de acrílico, um composto plástico. Por isso, diferente do Ácido Hialurônico, o PMMA não é absorvido pelo corpo.

Com o processo natural de envelhecimento, as dimensões  e o formato do rosto vão  se modificando. O PMMA não acompanha essas mudanças e não se adequa ao novo formato ganhado através do envelhecimento, por isso, migra para outros lugares que não deveriam ser preenchidos.  Dando ao rosto um aspecto pesado. Além disso, há um grande risco de necrose, entupimento dos vasos sanguíneos e infecções devido à aplicação do PMMA. E que nesse caso só podem ser resolvidos através de cirurgias invasivas que às vezes não são capazes de resolver a intercorrência.

Muitos profissionais ou pacientes escolhem o PMMA por se tratar de um produto acessível financeiramente, chegando a custar até 10x mais barato que o Ácido Hialurônico.

O ÁCIDO HIALURÔNICO é uma substância presente em nosso organismo, por isso, é mais biocompatível e permite que nossa pele não o rejeite. Além disso, tem um  antídoto que se chama HIALURONIDASE que  ao ser aplicado, degrada o ácido totalmente.

Por isso, ao realizar qualquer procedimento injetável se certifique com o profissional:

. Qual é o produto utilizado?

. Qual marca tem o preenchedor?

. Data de validade

. Qual é a quantidade injetada? (lembre se que o menos sempre é mais seguro)

. Verifique se o profissional escolhido tem as habitações necessárias para fazer esse tipo de procedimento.