Estado de emergência pode mudar as Olímpiadas

Estado de emergência veio no dia em que faltam três meses para as olímpiadas

Denis Balibouse/ Reuters

Na sexta-feira, dia 23, o governo do Japão decretou estado de emergência em Tóquio, Kioto, Osaka e Hyogo, devido ao aumento de casos de coronavírus nas regiões. O anúncio veio no dia em que a contagem regressiva marca três meses para as Olímpiadas de 2020, que já foram adiadas em um ano.

Na última quinta-feira, dia 22, os organizadores do evento anunciaram o primeiro caso de Covid-19 detectado durante a cerimônia de revezamento da tocha olímpica. O infectado foi um homem que participou do revezamento na ilha de Shikoku.

Não se sabe ainda como o decreto pode alterar o evento, no entanto, o comitê organizador se comprometeu a "adotar as precauções necessárias”.

Até o momento, as Olimpíadas de Tóquio estão marcadas para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, quando atletas de todo mundo disputam por medalhas em 46 modalidades.