ACE Guararema, C-TAP e O Novo promovem palestras de saúde e segurança do trabalho no eSocial

Evento acontecerá amanhã e será transmitido pelas redes sociais do jornal O Novo

Arquivo Pessoal

A Associação Comercial de Guararema, a C-TAP e jornal O Novo promovem, na próxima quarta-feira (17), três palestras para tratar sobre a saúde e segurança do trabalho no eSocial, abordando desde desa os e avanços até os riscos.

O evento, que será transmitido pelas redes sociais do jornal O Novo, terá início às 9 horas e terminará ao meio-dia, na Estação Literária de Guararema.

Uma das palestras apresentadas no dia será a “eSocial: O que mudou para sua Empresa”, a qual Dennis Mattos, pro ssional do mercado tributário, fará uma análise sobre as experiências e perspectivas acerca do tema. Dennis é empresário e possui formação jurídica e contábil e especialização em Gestão Tributária e Contabilidade pela Associação Paulista de Estudos Tributários, também é especialista em impostos diretos e indiretos pela Fundação Getúlio Vargas.

Outro destaque é a coordenadora técnica Gislene Leite, que comandará a palestra “PPRA X PGR: as mudanças em prol da Segurança do Trabalhador “, falando sobre a prevenção de riscos ambientais e o gerenciamento deles. Com mais de 15 anos de experiência, Gislene é técnica de segurança do trabalho, engenheira de produção, pós-graduada em engenharia de gestão ambiental e em engenharia de segurança do trabalho.

Para finalizar as palestras, a C-TAP, clínica especializada em medicina e segurança do trabalho, receberá o engenheiro de segurança do trabalho, Rogério Balbinot, que falará sobre a aplicação das normas de segurança e do próprio e-social em empresas, com o tema “SST no eSocial e agora! Sua empresa está preparada?”. Balbinot é coordenador do Grupo de SST das Empresas Piloto no eSocial e perito da Justiça do Trabalho na 4ª região, Varas Federal e Cível há mais de 30 anos.

eSocial

O eSocial é um sistema da Receita Federal que valida informações e emite números de protocolos. Essa plataforma online do governo uni cou a entrega de 15 obrigações da área trabalhista para empresas, outras pessoas jurídicas e também para pessoas físicas.