Prazo para aplicação da segunda dose em adolescentes reduzido em Mogi

Saúde também abriu novos agendamentos online para vacinação contra a Covid-19

Denis Balibouse/Reuters

Mogi das Cruzes está adotando a redução de 8 semanas para 21 dias na aplicação da segunda dose do imunizante Pfizer contra a Covid-19 também para adolescentes de 12 a 17 anos. O objetivo é ampliar os índices de cobertura vacinal e a proteção contra a doença na cidade.

Desde a semana passada, o prazo de 21 dias para a segunda dose vem sendo aplicado para pessoas a partir dos 18 anos, conforme estratégia definida pelo PEI - Plano Estadual de Imunização e segue a orientação da bula da vacina.

Com a mudança, os jovens e adolescentes precisam verificar com atenção as datas da vacina recebida nos comprovantes de imunização. 

A Secretaria Municipal de Saúde também liberou, na tarde de sexta-feira (22), mais de 4 mil novas vagas de agendamento para primeira, segunda e terceira doses de imunizantes contra a Covid-19. 

Foram liberadas novas vagas para primeira dose de Pfizer em adolescentes de 12 a 17 anos e para adultos com 18 anos ou mais; segunda dose de Pfizer para adultos que tomaram a primeira dose até 4 de outubro ou adolescentes que tomaram a primeira dose até 30 de agosto; além de terceira dose para idosos com 60 anos ou mais que já tenham completado o esquema vacinal há pelo menos 6 meses (até 25 de abril).

Também foram disponibilizadas vagas de segunda dose de Coronavac para quem tomou a primeira até 4 de outubro e de Astrazeneca para quem tomou a primeira até 30 de agosto. Os mogianos precisam ficar atentos às novas atualizações no site oficial, onde as vagas são ofertadas de acordo com a disponibilidade. 

Até o momento, 317.153 adultos receberam a primeira dose ou dose única, o que corresponde a 94,5%; e 277.229 receberam as duas doses ou dose única, o que equivale a 82%. Entre os jovens, o índice de cobertura com primeira dose está em 92%, num total de 32.642 mogianos de 12 a 17 anos imunizados.

Novos intervalos

Com as novas medidas adotadas, os intervalos entre a 1ª e a 2ª dose passam a ser::

Pfizer: 21 dias para todos os públicos (crianças; adolescentes e adultos)
Coronavac: 21 dias
AstraZeneca: 8 semanas