Nova remessa de insumos para produção da vacina do Instituto Butantan chega ao Brasil

A carga vinda da China corresponde ao total de 14 milhões de doses da vacina contra Covid-19

Governo do Estado de São Paulo

Nesta quinta-feira, dia 4, aconteceu a chegada da maior remessa, até o momento, de matéria-prima para produção local da vacina do Butantan contra o coronavírus. A carga vinda da China desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos durante a manhã e corresponde a 14 milhões de doses.

“O que mais precisamos é de vacinas, não apenas a do Butantan mas de outras também. Nós estamos entrando nas duas mais graves semanas da Covid-19. Estamos à beira do colapso em todo Brasil, só há uma salvação, além dos cuidados do uso de máscara e não aglomerações, são as vacinas. São Paulo e o Butantan estão cumprindo o seu papel fornecendo 100 milhões de vacinas”, afirmou o governador João Doria, durante a entrega.

Com os insumos, novas doses da vacina serão envasadas, rotuladas, embaladas e passarão pelo controle de qualidade no Butantan antes de serem disponibilizadas para a população por intermédio do PNI (Programa Nacional de Imunizações), coordenado pelo Ministério da Saúde.

O Butantan tem o compromisso de entregar ao Ministério da Saúde 54 milhões de vacinas contra a Covid-19 até 30 de agosto, totalizando 100 milhões de doses previstas em contrato com o Governo Federal.