Mogi das Cruzes realiza 2º ‘vacinaço’ e expectativa é imunizar 14 mil pessoas 

A cidade apresentou queda no número de internações em função da Covid-19

Divulgação

A Secretaria Municipal de Mogi das Cruzes promove o 2º “vacinaço” contra a Covid-19 na cidade. A ação teve início às 9 horas desta sexta-feira (13) e encerra às 21h de hoje (14). 

O trabalho está sendo realizado nas unidades de saúde, drives e, principalmente, no Pró-Hiper, no bairro do Mogilar, por onde devem passar até o final da campanha 9 mil pessoas em 36 horas, inclusive nos períodos da noite e madrugada. 

Nesta segunda edição, a mobilização conta com uma estrutura ainda maior, proporcionando ao público que espera pela vacinação, muita animação através de atrações musicais e djs.

Aproximadamente 200 pessoas devem se revezar nas 36 horas de atendimento, incluindo equipes técnicas de vacinação, conferência de documentos, preenchimento de cadastros e apoio logístico. 

“A adesão está sendo muito boa, tanto é que os agendamentos se esgotam rapidamente, e assim estamos conseguindo vacinar um excelente número de pessoas e acompanhar o cronograma do Governo do Estado”, avalia a secretária municipal de Saúde, Andréia Godoi. Nas primeiras quatro horas de atendimento, mais de 500 pessoas foram imunizadas.

Mogi das Cruzes já aplicou, desde o início da campanha de vacinação, mais de 370 mil doses contra a Covid-19, sendo 9.975 doses únicas, 270.757 primeiras doses e 89.912 segundas doses. 

Nesta semana, a cidade registrou 16 óbitos em decorrência da doença. Ao todo, Mogi das Cruzes já registrou 1.606 mortes pela Covid.

Guararema 

O município também já deu início à vacinação de toda a população adulta. O cadastramento de imunização para pessoas com mais de 18 anos foi aberto na última quinta-feira (12). “Todas as pessoas adultas de Guararema já podem se cadastrar para tomar a vacina, assim como os idosos. Isso representa que estamos alinhados com o calendário de vacinação estipulado pelo governo estadual e federal”, explica a secretária municipal de Saúde, Adriana Martins. “É muito importante que as pessoas destes grupos realizem o cadastro com atenção e, quando agendados, compareçam na data correta, com os documentos necessários”, completa.

Guararema também obteve bons índices em relação ao número de internações. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade apresentou em julho queda de 43,3% nas internações de Covid-19 na comparação com o mês anterior. Além do índice positivo referente às internações, o município também conta com queda de 42% na quantidade de casos diagnosticados para a doença e redução de 60% nos óbitos, também na comparação entre os meses. 

O município registrou apenas uma morte em função da doença esta semana. A vítima era uma senhora de 88 anos.