Internações por COVID-19 caem em Mogi das Cruzes

Combinação de vacinas com estabilização de casos desafoga sistema de saúde mogiano

Divulgação

Com as quedas nos casos de COVID-19 em Mogi das Cruzes, a Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes está desmobilizando sua área exclusiva para internação de pacientes com o novo Coronavírus e passará a atender outras demandas médicas.

O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes continuará como referência exclusiva para casos do novo coronavírus e não diminuirá leitos, garantindo todo suporte necessário aos pacientes em busca de atendimento ou internação.

A estabilização dos casos e óbitos e o avanço da vacinação contra a COVID-19 registradas nas últimas semanas está promovendo mudanças também em outras infraestruturas hospitalares, desafogando o sistema de saúde mogiano.

“Estamos monitorando essas mudanças e trabalhando em conjunto para possibilitar a retomada de atendimento às outras comorbidades”, explica a secretária municipal de Saúde, Andréia Godoi.

Em julho, o Hospital Luzia de Pinho Melo já reduziu o número de leitos ofertados para os infectados pelo novo Coronavírus. Entre as unidades particulares, o Hospital Mogi Mater também deixou de receber pacientes com o vírus após alta do último caso de internação e o Hospital Santana está atendendo de acordo com a necessidade. Caso seja necessário, os equipamentos serão acionados para reativação de acordo com as demandas.