Brasil pode receber 3 milhões de doses da vacina da Janssen neste mês

Diferente dos demais imunizantes contra a Covid-19 que circulam atualmente, a vacina da Janssen requer a aplicação de apenas uma dose

Reprodução

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta sexta-feira (04/06) que o governo conseguiu antecipar com a farmacêutica Janssen a entrega de 3 milhões de doses da vacina contra a Covid para este mês.

O Brasil firmou um acordo com a Janssen para o recebimento de 38 milhões de doses que estavam previstas para chegar nos próximos meses.

"A vacina da Janssen, nós já tínhamos acertado com a Janssen 38 milhões de doses da vacina, nós conseguimos antecipar 3 milhões. Chega agora no mês de junho", disse Queiroga.

Ao contrário da maioria das vacinas sendo aplicadas atualmente contra a Covid-19, que exigem duas doses, a  vacina da Janssen requer a aplicação de apenas uma dose.

"Estamos organizando com o Conass e Conasens a estratégia de distribuição dessa vacina. A principal característica dessa vacina é que ela é dose única, então, sendo dose única, são 3 milhões de brasileiros a mais imunizados de forma completa contra a Covid-19", pontuou o ministro.