Funcionamento de estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas está proibido após às 20h

Medida foi tomada pelo aumento no número de casos de coronavírus em todas as cidades de São Paulo

Jean Gorinchteyn, Secretário da Saúde de SP/ Divulgação

Nesta sexta-feira, 11, o Governo do Estado, anunciou durante uma coletiva de imprensa, que até o 11 de janeiro de 2021, a venda de bebidas alcoólicas em restaurantes, bares e lojas de conveniência a partir das 20h não serão permitidas. A decisão é válida para as todas as cidades do estado.

A medida passa a valer amanhã, dia 12, e os estabelecimentos que contravirem as regras poderão sofrer punições. Serão responsáveis por fiscalizar o cumprimento do regulamento, em torno de mil agentes da Vigilância Sanitária, que passarão em casas noturnas, bares, restaurantes e shows. 

De acordo com o Secretário de Estado da Saúde de São Paulo, o médico e infectologista, Jean Gorinchteyn, o número de mortes por Covid-19 aumentou 30,3% entre 5 a 15 de novembro. Os casos de internações pelo coronavírus também cresceram, foram 15,5% no mesmo período.

As regras da fase amarela sofreram mudanças após a nova onda do vírus. Segunda Patrícia Ellen, Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, os comércios poderão funcionar com 40% da capacidade total, sendo que antes o limite era 60%. Em contrapartida, o horário foi ampliado de 10 a 12 horas diárias. A mudança foi feita para evitar aglomerações e proliferação da doença.