Relatório da ONU revela que Brasil tem a 2ª maior concentração de renda do mundo

Território brasileiro comporta um dos contingentes populacionais com mais discrepâncias do mundo

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), que foi divulgado na segunda-feira (9), o Brasil é o segundo país com maior concentração de renda do mundo, ficando atrás apenas do Qatar.

Os dados significam que o território brasileiro comporta um dos contingentes populacionais com mais discrepâncias do mundo, já que os 1% mais ricos concentram 28,3% da renda total do país e os 10% mais ricos representam 41,9%. Os números são referentes ao período de 2010 a 2017, constando as informações mais recentes disponibilizadas.

Analisando o relatório, não é preciso muito para entender a triste situação enfrentada por um país em eterno desenvolvimento.  É claro que alguns brasileiros evoluem, crescem e prosperam, mas esse número é pequeno perto dos que não conseguem nem o mínimo para sobreviver.

Temos uma educação desigual, uma cultura que é criminalizada, além de pessoas que ainda trabalham em situações análogas à escravidão. Nos falta tudo o que é básico, e desta forma, esperamos sempre ver a luz do fim de um túnel que ainda está em construção.