Vereadores mogianos fazem apelo para aprovação de lei que ampara pacientes transplantados

O projeto de lei concede a pacientes transplantados os mesmos direitos assegurados em lei a pessoas com deficiência

Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

Na terça-feira, dia 8, durante o expediente da sessão ordinária, o legislativo de Mogi das Cruzes aprovou uma moção que faz apelo ao Congresso Nacional para aprovação do projeto de lei de autoria do deputado Fábio Trad (PSD-MS), que concede a pacientes transplantados os mesmos direitos assegurados em lei a pessoas com deficiência.

O texto estabelece que a equiparação depende de laudo médico que ateste impedimento físico, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo. E segundo os vereadores Marcelo Brás do Sacolão (PSDB), Otto Rezende (PSD), Bi Gêmeos (PSD) e Edson Santos (PSD), confere amparo legal a situações em que o indivíduo, apesar de possuir limitações, não consegue o reconhecimento de sua condição.

“As pessoas transplantadas têm que ficar usando medicação constantemente e tem dificuldade de ter uma vida regular”, argumentou Otto Rezende