Semae e Secretaria de Assuntos Jurídicos sofrem baixa com a saída de titulares

A saída de Sylvio Alkimin já era acordada desde o início da gestão; João Jorge substitui Vendramini na direção do Semae

Reprodução

Em comunicado à imprensa, a Prefeitura de Mogi das Cruzes informou na última sexta-feira, 21, a saída de dois secretários no quadro da atual gestão. 

Na Secretaria de Assuntos Jurídicos, sai o advogado Sylvio Alkimin, no entanto, ele permanecerá no comando da Pasta até o dia 31 de maio. Segundo a Administração Municipal, sua saída já era planejada desde o início da gestão.

“Estou satisfeito em ter cumprido minha missão na administração pública e espero ter colaborado com desenvolvimento da minha cidade”, comentou Sylvio Alkimin.

Alkimin é nascido em Mogi das Cruzes, é formado bacharel em Direito pela Universidade Braz Cubas em 2007 e especializou-se em Direito Tributário em 2011 pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, além da segunda graduação em Ciências Contábeis no ano de 2012.

“O Sylvio cumpriu a meta que estabelecemos em tempo recorde. Conduziu um trabalho de análise altamente qualificado dos contratos a serem revisados e avançou nas medidas de regularização fundiária em Mogi. Teremos resultados positivos ao longo dos próximos anos neste setor graças ao esforço e à competência dele”, afirmou Caio Cunha sobre o advogado.

Já na direção do Semae - Serviço Municipal de Água e Esgoto, quem deixa a pasta é o engenheiro químico, Marcelo Vendramini. O engenheiro tem mais de 20 anos de experiência na indústria química, incluindo um período de três anos na Itália, ele passou pela autarquia entre 2017 e 2018, quando atuou como diretor do Departamento de Operações do Sistema de Água.

Caio Cunha se demonstrou satisfeito com o trabalho desempenhado pelos profissionais em sua gestão “Agradeço ao Marcelo Vendramini e ao Sylvio Alkimin pelo trabalho desenvolvido neste início de gestão à frente da Prefeitura. São profissionais altamente capacitados e que contribuíram muito com Mogi das Cruzes. O trabalho de diagnóstico técnico e entendimento feito por eles será vital para esta nova etapa que se inicia”.

O substituto de Vendramini é o engenheiro João Jorge, que é especialista em Engenharia Hidráulica e Sanitária e já atuou nas Prefeituras de São Paulo e de Jundiaí, além de ter acumulado experiência por 26 anos na Sabesp - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo.

“A competência do João Jorge, aliada ao conhecimento profundo que ele tem da Região Metropolitana e do Alto Tietê, serão fundamentais para que o Semae chegue ao status que desejamos e assim possa trazer mais qualidade de vida para a nossa população”, finalizou o prefeito.