Prefeitos do Alto Tietê endereçam para a ARTESP carta contra o pedágio na Mogi-Dutra

Consórcio ressalta que medida inviabilizaria o desenvolvimento de atividades produtivas essenciais para a economia da região

Google Maps

Nesta quarta-feira, dia 19, o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) liberou uma nota em que reitera sua posição contrária à implantação do pedágio na Mogi-Dutra.

De acordo com o consórcio: “neste período de crise e com a retomada gradativa dos setores produtivos, a medida inviabilizaria o desenvolvimento de atividades produtivas essenciais para a economia da região, como a agricultura e indústria, além de prejudicar os milhares de estudantes e trabalhadores que se deslocam pela via, assim como os moradores dos condomínios residenciais e bairros localizados no eixo norte, onde também se localiza a maior reserva de área industrial da Grande São Paulo”.

Para discutir medidas a serem tomadas sobre o assunto, os prefeitos do Alto Tietê se reuniram durante a semana para declarar o apoio unânime à causa em carta aberta endereçada ao Governo do Estado e Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), no documento, são expostos os prejuízos que a implantação do dispositivo deve acarretar à região.