Vereadores apelam que empréstimos voltados para agricultores tenham carência aumentada

Principalmente após grandes prejuízos causados pelas baixas temperaturas, medida visa auxiliar produtores da região mogiana

Divulgação/CMMC

Nessa quarta-feira (04) durante a sessão ordinária da Câmara dos Vereadores de Mogi das Cruzes, foi aprovada a Moção 110/2021 que faz um apelo ao Governo do Estado de São Paulo para que aumente a carência, de 30 para 120 dias, para o início do pagamento de empréstimo cedido aos agricultores pelo Fundo Gestor do Banco do Povo. O vereador Vitor Emori (PL), autor da proposta, argumentou que as baixas temperaturas dos últimos dias causaram grandes prejuízos aos agricultores da região, que chegaram a perder suas plantações.

“É um momento de grande dificuldade para os produtores da região e esta Casa não poderia deixar passar isso”, pontuou Emori.

Apresentando ao plenário através de documentos, o parlamentar reforçou que a agricultura familiar representa aproximadamente 30% do total agrícola em Mogi que vai para o CEAGESP, além de abastecer a merenda escolar da educação pública municipal.

Segundo Vitor, 120 dias é o tempo médio para a obtenção de uma nova safra agrícola. Nesse sentido, reavaliar o prazo de carência irá beneficiar os agricultores locais, principalmente os pequenos produtores.