Guararema regride para fase laranja do Plano São Paulo

Nesta etapa os estabelecimentos podem funcionar 8h por dia e com atendimento presencial até às 20h no máximo

Reprodução

Durante a 23ª reclassificação do Plano de Retomada Econômica, nesta sexta-feira, 26, o Governo do Estado de São Paulo anunciou a regressão da Grande São Paulo - que abrange o Alto Tietê, para a fase laranja. 

Nessa classificação os estabelecimentos autorizados a funcionar na fase amarela permanecem com o atendimento liberado, contudo o horário muda, e o fechamento passa a ser até às 20h no máximo. Os bares não poderão funcionar com atendimento presencial.

A decisão passa a valer na segunda-feira, 01, mas isso pode mudar, caso a situação da região apresente piora significativa nos indicadores.

Vale ressaltar que na quarta-feira, 24, foi anunciado pelo governador do Estado, João Doria, um toque de restrição de circulação, que acontecerá a partir desta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, das 23h às 5h.

A decisão foi tomada em decorrência do recorde de internações por Covid-19 nas cidades do Estado, que chegaram durante a semana em 6.500 pessoas nos leitos de UTI, um número nunca atingido desde o início da pandemia.

Fase Laranja

Todos os setores de comércio e serviços passam a ser permitidos, com exceção ao atendimento presencial em bares, que fica proibido.

Capacidade de ocupação: 40% do público máximo de cada estabelecimento.

Funcionamento máximo até 8 horas por dia.

Atendimento presencial até às 20h.

Parques estaduais, salões de beleza e academias: podem funcionar.