Guararema avança para fase amarela com diminuição de restrições

Nesta semana o governador já havia suspendido a medida que colocava a cidade na fase vermelha durante noites e finais de semana

Governo do Estado de São Paulo

Uma nova reunião do Plano de Retomada Econômica foi realizada nesta quarta-feira (05) pelo Governo do Estado de São Paulo. Seis regiões do estado avançaram para a fase amarela, em que comércio, bares e restaurantes são permitidos a funcionar até 22h.

De acordo com Paulo Menezes, Coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, há uma grande diferença entre as regiões que se encontram na fase laranja em comparação à fase amarela “Chegamos a encontrar, por exemplo, diferença de até 3 vezes em relação aos números de novos casos e internações por 100 mil habitantes, entre regiões da fase amarela e regiões da fase laranja”.

Esse foi um dos indicadores que contribuíram para que regiões como o Alto Tietê evoluíssem para a 3ª fase do Plano, segundo a Câmara Técnica do CONDEMAT (Consórcio de Desenvolvimento do Alto Tietê), a região apresentou uma redução dos indicadores de novos casos e de internações pela Covid-19. Nos últimos dias, a taxa de ocupação por leitos caiu para menos de 70% no Alto Tietê. Também há desaceleração nos registros de casos confirmados.

Suspensão de medida

Na quarta-feira (3), o governador João Doria (PSDB) já havia suspendido o decreto que colocava todo o estado na fase vermelha, a mais restritiva, aos finais de semana e durante a noite.  Pela previsão inicial, a medida, em vigor desde o dia 25 de janeiro, permaneceria até 7 de fevereiro. Com o anúncio de quarta, deixa de valer já no próximo sábado (6).

Fase Amarela

. Estabelecimentos como shoppings, restaurantes e comércios são liberados para funcionar aos sábados, domingos e feriados.

. A capacidade máxima passa a ser limitada a 40% de ocupação para todos os setores. Antes, o percentual variava por setor: academias podiam operar com apenas 30% da ocupação, por exemplo.

. O atendimento presencial ao público pode ser feito apenas até as 22h, em todos os setores, exceto no setor de bares, que pode funcionar até as 20h.

. O horário de funcionamento passa a ser limitado a 10 horas por dia para todos os setores. Antes, o horário variava por setor.