Escolas de Mogi retomam aulas presenciais

Para os trabalhadores dessas escolas- que tinham entre 18 a 47 anos- houve o adiantamento da 1ª dose da vacina contra o coronavírus

Governo do Estado de São Paulo

Na segunda-feira, dia 14, foram retomadas as aulas presenciais de 47 escolas municipais de Mogi das Cruzes, estas, que seguem adequadas aos protocolos sanitários para impedir a propagação da Covid-19, adotando medidas como o uso de faceshields, máscaras e álcool em gel por parte de todos os profissionais. Além disso, para esses trabalhadores- de 18 a 47 anos- houve o adiantamento da 1ª dose da vacina contra o coronavírus,

Essas instituições fazem parte da Fase Um do calendário de retorno letivo presencial da cidade, que desde o dia 7 de junho, tem liberado a volta de turmas do Ensino Infantil e Fundamental da Rede Municipal.

Para desenvolver este plano de retomada, o poder executivo de Mogi das Cruzes explica que levou em consideração a resolução dos aspectos administrativos apontados pelo Conselho Municipal de Educação, conforme o andamento dos trabalhos da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos (CGRH), para a contratação de professores temporários e estagiários, e também o diálogo com o colegiado e representantes da sociedade civil, a respeito do retorno presencial.

“Dentro do nosso planejamento, identificamos que algumas crianças e famílias têm necessidades emergenciais, dificuldades nas áreas alimentar e nutricional e também na cognitiva com o retrocesso de aprendizagem; além de questões socioemocionais, como a ansiedade, depressão, isolamento e, principalmente, questões ligadas a violência infantil. É muito importante que elas tenham acesso aos equipamentos escolares e as famílias também estão demandando isso”, disse o secretário de Educação, André Stábile.

Segundo a Prefeitura, o cronograma terá continuidade após o recesso escolar- previsto para ocorrer entre 7 e 16 de julho de 2021-, depois de mais reuniões sobre o assunto com os educadores e o Gabinete Articulador para o Enfrentamento dos Efeitos da Pandemia sobre a Educação, que possui representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

A Educação ressalta que o retorno é gradual, opcional e que as aulas também continuam sendo realizadas no formato remoto.