Referência em Selo Artesanal, Guararema recebe visita de Salesópolis

Com o intuito de conhecer e entender o Programa de Recuperação da Economia, representantes do município vizinho visitaram a cidade

Gustavo Silva/ Prefeitura Municipal de Guararema

A Secretaria de Emprego e Desenvolvimento Econômico de Guararema recebeu, na última semana, a visita do secretário de Desenvolvimento, Meio Ambiente, Agronegócios e Regularização Fundiária de Salesópolis, Douglas Prado Nepomuceno Batista, e do diretor de Agricultura Lucas Carvalho Lenz. O objetivo dos representantes foi entender como funciona o Selo Artesanal desenvolvido no âmbito do Programa de Recuperação da Economia do município guararemense. 

No encontro, o secretário de Emprego e Desenvolvimento Econômico de Guararema, Marlon Rodrigues do Nascimento, apresentou o Selo Artesanal criado no município para diversos produtos e anunciou a criação do Selo de Inspeção Municipal Artesanal para queijos, mel, ovos e outros produtos de origem animal. 

“Hoje já temos o Selo Artesanal para diversos produtos, mas a pedido do prefeito vamos criar o SIM Artesanal. Guararema é a primeira cidade do Alto Tietê a resgatar os produtos tradicionais e ajudar o pequeno empresário a se regularizar”, explica.

De acordo com a Secretaria, o prefeito José Luiz Eroles Freire, pediu prioridade para que seja destravada a economia e que haja maior facilidade para a agricultura familiar, que ainda é grande na cidade.  “É extremamente importante que os pequenos produtores tenham essa facilidade para vender os verdadeiros produtos de Guararema, e possuímos os melhores queijos e derivados de leite. Isso vai gerar renda e emprego”, pontua Zé.

O setor da Agricultura foi o que menos sentiu impacto durante a pandemia. Os interessados em ter o Selo Artesanal devem procurar a Sala do Empreendedor para esclarecerem suas dúvidas. O local fica na Rua 19 de Setembro, 127, Centro. O atendimento ocorre das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Outras informações podem ser obtidas no telefone 4693 1717.

Agricultura

De acordo com Vitor Gobbetti da Silva, responsável pelo setor na Secretaria Municipal de Emprego e Desenvolvimento Econômico, o objetivo da iniciativa é estimular o desenvolvimento econômico rural do município e promover incentivos ao produtor rural, respeitando as políticas agrícolas e ambientais. 

A  demanda aumentou em 80%, segundo ele, que ainda destaca projetos como a ampliação da Feira do Produtor e a criação da Feira Noturna. O município criará o programa Jovem Agricultor, ampliando a demanda de cursos na área.