Delta é tão contagiosa quanto a catapora

Covid-19. A variante do coronavírus é altamente transmissível e a recomendação é para que, mesmo após a vacinação, cuidados de segurança sejam mantidos

Reuters/Agência Brasil

A nova edição do Boletim Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), aponta que o surgimento de novas variantes do novo coronavírus, como a Delta, acendem um alerta. De acordo com o estudo, a pandemia ainda não acabou e novos cenários de transmissão e de risco podem surgir.

Segundo a Fiocruz, o elevado patamar de risco de transmissão do vírus Sars-CoV-2 pode ser agravado pela maior transmissibilidade da nova variante, por isso, é fundamental que, mesmo após a vacinação, as pessoas permaneçam utilizando a máscara de proteção, além de campanhas de informação para a população e busca ativa de quem ainda não se vacinou.

Para especialistas entrevistados pela agência Reuters, a versão mais recente do coronavírus está deixando as pessoas mais doentes do que antes, principalmente as que não foram vacinadas.

A diretora do Opas - Organização Pan-Americana de Saúde, Carissa Etienne, alertou para manter os cuidados contra a Covid. "Isso é preocupante porque os casos parecem se espalhar mais facilmente com a variante Delta e não podemos baixar a guarda", afirmou.

A Opas é o escritório nas Américas da Organização Mundial da Saúde (OMS), ligada às Nações Unidas.

 

Transmissão

Essa variante do coronavírus é considerada uma das cepas mais transmissíveis e foi responsável, por exemplo, pela segunda onda de Covid-19 na Índia. No total, a variante B.1.617.2 se espalhou para mais de 60 países. 

Na China, pesquisadores verificaram que a carga viral das pessoas contaminadas com a variante Delta é maior, na maioria dos casos. Diante dessas descobertas, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) afirmou que a variante Delta é tão contagiosa quanto a catapora (varicela) e muito mais contagiosa do que a gripe.

 

Sintomas

Alguns dos sintomas mais citados em infecções por outras cepas do coronavírus são menos pronunciados na Delta. Segundo o professor Tim Spector, que dirige o estudo Zoe Covid Symptom, no Reino Unido, o sintoma mais comum da Covid pela variante delta são as dores de cabeça. Outros sintomas da variante são: coriza (nariz escorrendo), dor de garganta e febre.

Perda de olfato e paladar, sintomas normalmente citados em decorrência da doença, são menos registrados nos infectados pela Delta.