Entenda por que o seu cabelo continua ressecado

Você usa mil cremes de hidratação e seu cabelo continua ressecado? Essa matéria é para você

Arquivo Pessoal

Muitas meninas me mandam mensagens dizendo que usam diversos produtos para hidratação, fazem cronograma capilar e mesmo assim o cabelo continua com aquele aspecto ressecado e sem vida. O que poucas delas sabem é que o principal produto da nossa rotina de higiene pode estar causando este problema.

O Shampoo é o primeiro item de cuidado com os cabelos que conhecemos e usamos diariamente, porém a maioria deles possuem os famosos Sulfatos que nada mais é do que um agente de limpeza que age como um detergente, promovendo espuma e limpando o nosso couro cabeludo. No entanto, essa substância em grande quantidade pode danificar e muito os fios.

O processo de limpeza funciona da seguinte forma, ao aplicar o shampoo nos cabelos molhados ele abre as cutículas dos fios para se ligar às partículas de sujeira sendo eliminadas no enxague. Após isso, o cabelo está desprotegido, já que foi retirado não só as impurezas, mas também o óleo natural e alguns nutrientes da fibra capilar. Por isso devemos usar o condicionador, pois ele sela as cutículas e mantem os nutrientes dentro do fio, como deve ser.

“Mas Thaila, eu sempre uso condicionador e ainda não consigo o resultado esperado.”

Calma ai! Vou listar alguns dos erros que você pode estar cometendo e por isso nenhum produto funciona nos seus cabelos.

1 – Não use shampoo no comprimento, ele serve para a limpeza do couro, a espuma que escorre já é suficiente para limpar toda a extensão dos fios.

2 – Sempre que fizer um tratamento com cremes de hidratação, nutrição ou reconstrução, finalize com o condicionador.

Pense da seguinte forma, você usa o shampoo para abrir as cutículas e retirar a sujeira, assim quando aplica a máscara você repõe os nutrientes faltantes. Caso você não use o condicionador após enxaguar o seu tratamento, as escamas continuarão abertas e assim facilmente será perdido toda a hidratação que fora feita.

3 – Não lave os cabelos com água muito quente. Além de ferir o couro cabeludo, influenciando na produção de mais óleo para sua proteção, a água quente também abre as escamas dos fios o que os deixa fracos e quebradiços.

Sabemos que no inverno é muito difícil tomar banho frio, por isso opte por banhos mornos, ou lave somente o cabelo com outra temperatura de água. Uma dica importante para quem sente dificuldade em tomar banhos mais frios, é deixar um borrifador com Soro Fisiológico na geladeira, e aplicar nos cabelos ainda molhados.

4 – Para cabelos cacheados, finos ou com químicas que deixam os cabelos mais ralos, usem sempre um creme ou óleo vegetal no comprimento e pontas antes da lavagem. Essa técnica é chamada de Pré-poo, quando utilizamos um creme (principalmente os que possuem silicones solúveis, como Yamasterol) ou óleos vegetais (como óleo de coco), antes de lavar os cabelos, nós criamos uma película protetora nos fios, que ajuda a evitar os danos que os sulfatos proporcionam.

5 – Opte por shampoos sem sulfato, eles limpam o couro cabeludo e agridem muito menos os fios.

Como saber se o shampoo tem sulfato ou não? Se não estiver escrito na embalagem, você pode ver nos ingredientes no verso. Se apresentar o Sodium Laureth Sulfate ou Sodium Lauryl Sulfate, é porque ele contém sulfatos, se no lugar desse estiver outros agentes de limpeza como o  Cocamidopropyl Betaine, por exemplo, é porque aquele produto é mais gentil para o cabelo.

6 – Não utilize fontes de calor como chapinha e secador sem antes utilizar um protetor térmico. Essas ferramentas podem estar agravando mais o ressecamento do seu cabelo.

Esses foram alguns dos principais erros cometidos e que muitas vezes nem sabemos que estão prejudicando nossas queridas madeixas. Se mesmo após manter os cuidados e evitar os erros acima, e houver queda de cabelo excessiva, procure um dermatologista de confiança para um tratamento completo.

Thaila Moura é publicitária e apaixonada por cabelos. @thailagabi