Lideranças políticas discutem as eleições de 2020 e ações para 2021 em Mogi das Cruzes

Iniciativa partiu do ex-vereador, Rodrigo Valverde; medidas preventivas contra a covid-19 também foram analisadas

Reprodução

O ex-vereador de Mogi das Cruzes, Rodrigo Valverde, promoveu uma reunião no último domingo com 4 vereadores que compõem parte da Câmara Municipal da cidade. Eduardo Ota (PODE), Inês Paz (PSOL), Malu Fernandes (Solidariedade) e Zé Luiz (PSDB), estavam presentes no encontro que aconteceu de forma remota.

O presidente da Câmara, Otto Rezende (PSD), e os vereadores, Iduigues Martins (PT) e Farofa (PL), também foram convidados, contudo, já tinham compromissos agendados e não puderam participar. Os principais assuntos discutidos foram no âmbito da educação e volta às aulas, medidas tomadas pela nova gestão no primeiro mês de governo, tanto de erros quanto de acertos e a divisão partidária no município.

Os vereadores debateram a questão da volta às aulas presenciais na cidade, assunto que divide opiniões e por conta das mudanças no Plano de Retomada e aceitação da população, ainda não teve data definida pelo executivo. O tema gerou diferentes pontos de vista, a professora Inês Paz, por exemplo, acredita que o retorno ideal deveria ser discutido em março, onde seria feita uma reavaliação das condições do município para avançar nesta etapa.

Já a graduanda em administração pública, Malu Fernandes, afirmou atuar em grupos destinados à discussão deste assunto, com representantes da área da saúde e da Secretaria da Educação. Segundo a vereadora, por conta das questões sociais e econômicas que a pandemia contribuiu diretamente para o crescimento, a Pasta perdeu o contato com cerca de 1000 alunos matriculados na rede pública de ensino.

Para o administrador, Zé Luiz, falta espaço para participar de grupos de discussões como esse na região. De acordo com o vereador, ele enquanto especialista em gestão pública municipal e com vasta experiência na área de finanças poderia contribuir positivamente nos balanços realizados para identificar uma ação pertinente neste âmbito da educação.

O professor Eduardo Ota também se manteve à disposição de medidas evolutivas para a cidade, e além disso, apoiou as decisões tomadas pela gestão até agora e explicou a dificuldade de mudanças visíveis, em segundo ele, apenas 20 dias de governo. Valverde que propôs o diálogo finalizou o bate-papo satisfeito com o resultado e repercussão e afirmou que também está disposto a ajudar e proporcionar outros espaços de debate como esse.

Para assistir ao vídeo completo basta acessar o link: https://facebook.com/story.php?story_fbid=931520530716044&id=476242996108184