Policiais do Alto Tietê tem treinamento em Suzano para utilização de armas não-letais

Na última segunda-feira, 29 de abril, foi realizado na sede do quartel em Suzano um encontro com Policiais Militares das cidades do Alto Tietê para um treinamento de utilização de armas não letais, de choque. Os policiais são do 17º, 32º e 35º Batalhões, responsáveis pelos municípios de Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis e Suzano. O objetivo do encontro é passar instruções tanto práticas quanto teóricas apresentando as funcionalidades e benefícios de uma arma de choque durante as abordagens, para que tanto o policial quanto os envolvidos sejam preservados durante o atendimento das ocorrências de maneira menos violenta evitando luta corporal desnecessária, como acontece por exemplo em situações que os indivíduos estão sob efeito de drogas, álcool ou muito nervosos podem se tornar agressivos. Durante o encontro os policiais foram apresentados à uma nova arma de choque que foi desenvolvida por uma empresa de tecnologia de armas não-letais, e em seguida fizeram o treinamento prático para aprenderem a utilizar o equipamento. Um desses equipamentos é a pistola elétrica, conhecida como arma de choque. O equipamento, ainda novo na região, pode liberar 50 mil volts em baixa amperagem, fazendo com que a pessoa atingida fique temporariamente imobilizada. Este é o objetivo da PM, ou seja, treinar os oficiais a fim de evitar luta corporal desnecessária. Para usar esse tipo de arma, o policial precisa ser habilitado, na região, cerca de 280 homens possuem autorização para usar o equipamento. A Polícia Militar informou que a meta do comando é habilitar todos os policiais em breve. Além das orientações sobre o uso das armas não letais e de menor poder ofensivo, durante o encontro, a empresa de tecnologia que fabrica a pistola elétrica apresentou o novo modelo que será entregue aos policiais habilitados dos batalhões da região.