Rede Municipal de Guararema anuncia volta às aulas presenciais para janeiro

Retorno presencial será facultativo, gradual e em período parcial, seguindo os protocolos sanitários

Prefeitura Municipal de Guararema

Em um anúncio feito nesta sexta-feira, dia 8, pela secretária de Educação, Clara Assumpção Eroles Freire Nunes, após aprovação do Comitê Administrativo Extraordinário Covid-19 e do Conselho Municipal de Educação, as aulas presenciais na rede municipal de ensino de Guararema serão retomadas no próximo dia 18 de janeiro. A volta das atividades será realizada de forma facultativa, gradual e em período parcial, conforme rigorosos protocolos sanitários.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Educação, a retomada abrange alunos matriculados na Pré-Escola e no Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Na próxima semana, entre os dias 15 e 11 de janeiro, a pasta fará reuniões com os pais e responsáveis que escolheram enviar seus filhos para as escolas e entregará um guia com todas as informações necessárias sobre o retorno. Já no caso do Berçário e Maternal, as atividades e orientações pedagógicas permanecerão remotas.

Guararema é uma das primeiras cidades da região a anunciar o retorno presencial das aulas nas escolas municipais. Conforme consulta pública realizada no final de 2020, 53% dos pais ou responsáveis pelos alunos autorizaram o retorno às atividades presenciais nas escolas.

De acordo com o plano apresentado, os alunos de cada turma serão divididos em grupos que frequentarão as aulas em dias alternados durante a semana. Em média, as salas vão operar com capacidade de 26% do total de alunos e somente 20, das 25 unidades, voltarão a receber estudantes. Nos dias em que não forem à escola, os alunos terão aulas não presenciais.

A volta também estabelece regras para evitar a disseminação do coronavírus, como o uso de máscaras faciais para alunos e profissionais (ofertadas pela municipalidade), distanciamento físico (garantido por planejamento minucioso da ocupação dos espaços escolares) e demais protocolos sanitários condizentes com as diretrizes dos órgãos de Saúde.

“Nossas escolas voltarão a ganhar vida. Os pais decidirão se os filhos irão à escola. Os que decidirem pela permanência em casa, terão aulas remotas, planejadas e compartilhadas por meio de ferramentas digitais oficialmente adotadas pela municipalidade”, explica a secretária de Educação de Guararema.

Pais e responsáveis pelos alunos podem obter outras informações sobre a volta às aulas junto aos diretores escolares.

A retomada gradual das aulas presenciais será reavaliada mensalmente.