Guararema mantém a suspensão de aulas presenciais na fase vermelha

A previsão é de que as aulas voltem em maio; Confira outras medidas tomadas pela cidade na nova fase

Prefeitura Municipal de Guararema

Mesmo com o avanço para a fase vermelha, a Prefeitura de Guararema prorrogou a suspensão das aulas presenciais até 30 de abril. Por meio do decreto 4005, a administração municipal também determinou que a retomada das aulas e demais atividades presenciais com alunos está suspensa, a princípio, até 3 de maio de 2021.

A partir da data, havendo a decisão de retomada das aulas e demais atividades presenciais com alunos, será obrigatória a adoção, por todas as unidades escolares que funcionem no território de Guararema, dos protocolos sanitários específicos para o setor da Educação, aprovados pela Secretaria de Estado da Saúde.

“Nesta segunda-feira (12/04) retornamos à fase vermelha do Plano São Paulo, por conta da redução na taxa de internação nos hospitais da região. Essa queda nas internações é importante e resultado das medidas restritivas vigentes nas últimas semanas”, aponta o prefeito Zé.

Restrições

Apesar de estar em uma fase mais flexível do que a anterior (emergencial), algumas restrições serão mantidas, como o toque de recolher das 20 às 5 horas e veto às cerimônias religiosas coletivas.

Com a alteração, continua sendo permitido somente o funcionamento com atendimento presencial as atividades extremamente essenciais, que são indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis.

Continuam vedados para o atendimento ao público os setores de comércio, bares, restaurantes, similares, atividades religiosas, dentre outros. O Decreto 4007, disponível no site da Prefeitura, apresenta todas as regulações sobre os setores.

Os modelos de entrega delivery, drive-thru e take away estão permitidos, assim como o atendimento presencial em depósitos de materiais de construção, elétrico, hidráulico, ferragens e lojas de tintas.

Outra medida restritiva, a suspensão do atendimento presencial no paço municipal e demais secretarias, também foi mantida. A determinação irá vigorar até 18 de abril.

Dessa forma, os cidadãos que precisam de atendimento podem acessar os serviços eletrônico e telefônico através de canais como o site www.guararema.sp.gov.br e o telefone 4693-8000.

De acordo com o ato municipal, a suspensão não abrange as atividades da Secretaria de Saúde da cidade, nem as suas respectivas unidades, por se tratar de serviços essenciais que não podem ser paralisados.