Fundo Social de Guararema recebe 10 mil máscaras

Gustavo Gomes

Loja Maçônica de Guararema doa 10 mil unidades para o Fundo Social

O Fundo Social de Guararema recebeu nesta terça-feira, 18, 10 mil máscaras de proteção da Loja Maçônica Renascimento. A doação foi feita, após a organização maçônica ter recebido às máscaras de presente da Fraternidade Feminina do Grande Oriente São Paulo (Frafem). 

Na entrega do material doado, estavam presentes sete integrantes da loja e a presidente do Fundo Social e primeira-dama, Vanessa Leite. Durante uma breve reunião, Vanessa explicou a importância dessas máscaras e como ela será destinada no município.

"A princípio, as 100 famílias, em média composta por quatro ou cinco integrantes, assistidas pelo fundo social vão receber essa doação. Posteriormente, aqueles que necessitarem e vierem até nossa sede, poderão retirar algumas unidades. Ao todo, já recebemos 15 mil máscaras doadas", concluiu.

O programa “Faces do Bem”, que visa proporcionar segurança, durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), para os moradores da cidade, recebeu 15 mil unidades de máscaras e produziu, por meio de costureiras voluntárias, outras cinco mil peças. No total, o programa já conseguiu 20 mil máscaras para a população guararemense.

O presidente da Loja Renascimento de Guararema, Chico Paiva, contou que essa doação veio em um momento muito oportuno, por não sabermos quando a pandemia terá um fim. 

“A doação nos foi dada e, nada mais justo que, entregar para quem mais necessita neste momento de dificuldade”, explicou.

Ficou ainda definido, em reunião, que algumas centenas de máscaras serão destinadas para algumas organizações da cidade como o Projeto Menino Jesus, o Centro Espírita de Guararema, o Lar São Vicente de Paula e o Caritas Paroquial. 

A Doação

Por meio da campanha “Máscaras pela vida”, A Fraternidade Feminina do Grande Oriente de São Paulo (Frafem) e o Grande Oriente de São Paulo (GOSP), doaram 10 mil máscaras para a Loja Maçônica Renascimento de Guararema. De acordo com as organizações, as máscaras de tecido, sem logotipo, foram feitas para combater a Covid-19 e, ao mesmo tempo, buscar unir as Lojas Maçônicas estaduais e as Fraternidades Femininas do estado de São Paulo no combate a pandemia, realizando a doação destas máscaras a entidades e órgãos públicos.

“Na campanha máscaras pela vida, nós englobamos todas as Fraternidades do Grande Oriente de São Paulo e as Lojas Maçônicas. E, com isso, nós esperamos que haja maior união entre as Lojas Maçônicas e as cunhadas ao combate a COVID.”, relatou a presidente da Frafem do estado de São Paulo, Valderez Ballouk.

Além de Guararema, Mogi das Cruzes também recebeu máscaras de proteção. A cidade vizinha, com população maior de 400 mil habitantes, recebeu a quantidade de 30 mil  unidades.