Rafael Alves fala sobre satisfação em se apresentar no aniversário da cidade

Para quem vive em Guararema, é praticamente impossível não conhecer o cantor Rafael de Souza Bueno Alves, 29. Rafa Alves, como é conhecido popularmente, é um artista do município, onde nasceu, cresceu e vive até hoje. Atualmente, o artista da região trabalha como diretor do Instituto de Educação Musical Rafael Alves, professor,  fundador do projeto de aulas de instrumento da Secretaria de Cultura de Guararema, além de músico e ator profissional. Rafa Alves vai se apresentar na programação especial de aniversário de Guararema. O artista contou para o Jornal O Novo como começou sua carreira da música e sobre a satisfação de estar se apresentando em uma data tão especial. 

Quando você percebeu que gostaria de seguir a carreira de cantor?
"Foi acontecendo naturalmente. Eu já cantava na igreja desde os meus 4 anos, e quando comecei a tocar, começaram a aparecer alunos, depois barzinhos e tudo foi acontecendo. Chegou um momento em que eu já nem pensava em outra alternativa."

Qual é o maior prazer da sua profissão?
"Sempre digo que o que mais me encanta é o fato de, na maioria das vezes, eu participar de momentos felizes da vida das pessoas. Admiro muitas profissões, mas não conseguiria lidar com as pessoas nos momentos em que elas estão "para baixo". Admiro médicos, enfermeiros, que precisam lidar com as pessoas numa realidade que em sua maioria é de natureza tensa, triste…"

Tem alguma coisa na área da música que te desanima? Se sim, qual?
 "Hoje em dia a música na mídia é basicamente  feita de Business. É difícil ver pessoas que se importam com o som e o que ele pode proporcionar. A mídia poderia ter uma função mais agregadora e não simplesmente abrir as portas para o que lhes oferece dinheiro. Não se trata de uma crítica a nenhum estilo específico, mas, uma crítica ao sistema que elege o "estilo do momento" e exclui os outros. 
Além disso, me incomoda a falta de espaço e o pensamento errôneo que rege muitos lugares em considerar que oferecer oportunidades aos artistas se trata de um favor. É importante saber que sem cultura nenhum lugar se mantém em pé, e que é tão necessário como cuidar da saúde, da educação, etc... É bem cansativo cobrar um lugar que já deveria ser dos artistas, mas a gente vai trabalhando e buscando encontrar espaço."

Qual dica você daria para quem pretende seguir  carreira na música?
"Perseverança, determinação e, acima de tudo, AMOR pelo que faz. Vejo muitas pessoas vendendo sua verdade a preço de banana e focando no dinheiro em primeiro lugar, e isso não traz algo  importante, que é a satisfação pessoal. Posso estar errado, mas acredito que toda boa plantação colhe bons frutos, e que cedo ou tarde os frutos dessa plantação começam a surgir."

De onde surgiu a ideia de se apresentar no aniversário de Guararema?
"Há dez anos eu fui vencedor do Festival da Canção Popular de Guararema, realizado pela Secretaria de Cultura. A idéia do show partiu de mim e da idéia de comemorar os dez anos desse título que, além de me trazer muita alegria, foi um marco que determinou o início de uma carreira mais sólida como compositor.  Inicialmente conversei com algumas pessoas da prefeitura e, posteriormente, expus minha idéia diretamente ao prefeito, mostrando que seria bacana associar um evento que fomentasse à Cultura, em um ponto turístico recém inaugurado, e que também é um ponto histórico da cidade. O evento será custeado e realizado pelo Instituto de Educação Musical Rafael Alves, e conta com o apoio da secretaria de cultura para o equipamento de som que será utilizado. Para as demais atribuições, estou correndo feito doido e trabalhando meu lado produtor."

Conta um pouco como funciona o seu Instituto?
"Trata-se de um sonho. Desde a adolescência, meu sonho é ter um espaço que pudesse oferecer algo novo que agregasse à vida das pessoas, e tenho conseguido alcançar esse objetivo. Mais um motivo de muita alegria. 
O Instituto de Educação Musical funciona hoje como um espaço de desenvolvimento musical para Guararema. Embora minha especialidade seja as aulas de guitarra e violão, ainda oferecemos aulas de canto, teclado, bateria e musicalização infantil. Além destes, o que me proponho é proporcionar ao interessado um ambiente que envolve o aprendizado do instrumento, a inserção no mundo musical, o incentivo a novas referências musicais, o ambiente de gravações, entre outros." 

 qual o prazer de se apresentar em Guararema?
"É sempre um prazer me apresentar na minha cidade, e sempre considero uma responsabilidade grande de mostrar um trajeto feito através da música. Hoje estou bem contente com o rumo que as coisas tem tomado, embora seja um eterno aprendiz, e poder compartilhar isso com os conterrâneos não tem preço. Algumas (aquelas que gostam de falar) tentam apagar o brilho, mas a força dos que me acompanham é o que importa pra mim de verdade." 

HOBBY: "Cantar, atuar, compor, tocar guitarra"
Um lugar: "Málaga na Espanha"
um amor: "Minha mãe"
Uma comida: "Carne com nozes e castanha de caju"
Uma inspiração: "As pessoas que acompanham meu trabalho"
momento inesquecível: "Quando pude assistir pela primeira vez, numa roda de amigos, as pessoas cantando uma música minha" 
Um sonho: "Que todo mundo pudesse sair dessa corrida desenfreada da vida pra viver, e não apenas sobreviver como cão correndo atrás do rabo."