Clima e ações humanas colaboram para aumento nos casos de incêndio

Arquivo Pessoal

Recentemente houve um incêndio que começou na região do Botujuru, em Mogi das Cruzes e terminou na rodovia Mogi - Guararema. Os bombeiros não conseguiram definir quais foram as causas do incêndio e o tempo que demandou para o corpo de bombeiros conter o fogo foi relativamente bom. Felizmente, o ocorrido não causou maiores problemas. 
As informações são do primeiro subgrupamento de bombeiros, que atende as cidades de Mogi das Cruzes, Guararema, Biritiba Mirim e Salesópolis. Segundo os bombeiros, a principal causa de incêndios em vegetação é ação humana. Muitas pessoas não sabem ou ignoram o risco da queimada e utilizam o fogo para limpar terrenos, desmatar, queimar lixo, e por vezes acabam perdendo o controle da situação e ocasionando incêndio. 
Segundo os bombeiros, um perigo são as “bitucas” de cigarro, muitas vezes jogadas pelos motoristas de carro. No período de inverno, os problemas em relação a queimada aumentam pela baixa umidade de ar, o que agrava a saúde de pessoas que possuem problemas respiratórios. 
A baixa umidade do ar somada ao aumento de gases provenientes das queimadas podem causar sérios prejuízos à saúde das pessoas. Por isso, nesta época do ano, é comum o aumento significativo de pacientes no Pronto Socorro. 
“Colocar fogo em terreno, mesmo que para limpeza, configura crime ambiental. O proprietário que adota essas práticas é passível de multas e outras providências conforme a lei”, disse o Capitão Reinaldo Nascimento do Grupamento de Bombeiros de Mogi das Cruzes. 
A Prefeitura de Guararema atua aplicando multas às pessoas que praticam esta atividade criminosa. Em 2017 foram 23 notificações e neste ano, até o mês de julho, foram 23 notificações e 4 autuações. O corpo de Bombeiros faz campanhas rotineiras para a conscientização das pessoas. A dica dos profissionais é sempre manter os terrenos limpos e sem acúmulo de lixo, jogar as “bitucas” de cigarro apagadas em lixo adequado e limpar o espaço próximo às residências. Em caso de incêndio, o número do Corpo de Bombeiros é 193.