Professoras da Rede Municipal de Ensino de Guararema estreiam programa de rádio com contação de histórias

“O hábito de contar histórias é algo milenar e sempre foi um tesouro muito importante para a primeira infância”, afirma a professora Michele Fonseca

Divulgação

Uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação de Guararema em parceria com a Rádio Mega FM dará início a um programa de rádio com diferentes episódios contando histórias infantis.

O programa será apresentado pela professora Michele Fonseca de segunda a sexta-feira e terá duração de 15 minutos, e será exibido em três horários diferentes, às 8, 14 e 16 horas. A estreia do programa acontecerá nesta segunda-feira, dia 26.

“O objetivo é promover esta interação entre crianças e familiares por meio de narrativas em áudio, com foco no desenvolvimento infantil e assim descobrir o mundo da imaginação.

O programa foi pensado para os pequenos ouvintes de 3 a 6 anos e para todos que amam ouvir histórias”, conta Michele, que complementa citando a importância desta ação “O hábito de contar histórias é algo milenar e sempre foi um tesouro muito importante para a primeira infância”.

Além da professora Michele, outros docentes e escritores da cidade e região também serão convidados para participar do programa. Segundo a educadora, a ideia é levar essas histórias para o maior número possível de crianças da cidade.

Sem aulas presenciais, as histórias contadas pelos professores têm encantado as crianças pequenas, por isso, os educadores continuam incluindo em suas propostas a tão famosa “hora da história”, utilizando criatividade e variados recursos tecnológicos para dinamizar esse momento, aproximar-se afetivamente e atrair maior atenção dos pequenos para a literatura infantil.

“O programa de rádio será mais uma importante ferramenta para que nossos educadores possam transmitir ainda mais conhecimento. É como levar a escola para os lares das crianças de Guararema, com a magia das histórias infantis”, destaca a secretária municipal de Educação, Clara Assumpção Eroles Freire Nunes.