USAC campeão invicto da 2ª Divisão; Vôlei e Basquete firmes nos Nacionais

Com méritos, USAC conquistou o Paulista da “Bezinha” e se garantiu na A3 de 2022; enquanto isso o Mogi Basquete foca nas primeiras rodadas do NBB 21/22 e o Suzano Vôlei segue firme na Superliga C. Destaques também para os Torneios do CCMC

Divulgação/Suzano Vôlei

Suzano Vôlei forte na Superliga C 

O Suzano começou muito bem sua trajetória na Superliga C, que abre caminho para voltar a elite nacional. Até domingo, a Arena é sede de 2 grupos da competição com 6 equipes. Na estreia, o time do técnico Fadul venceu o Iacanga por 3 sets a 1. Neste sábado, a partir das 17h, acontecem as semifinais e os vencedores já fazem a final domingo, no mesmo horário. A presença de público está liberada mediante protocolos sanitários (informações sobre ingressos nas redes sociais do clube). Principal meta do Suzano nessa retomada às competições profissionais, a Superliga C tem a participação de 31 equipes divididas em 5 chaves divididas por regiões do Brasil, que se enfrentam dentro dos grupos em busca da classificação para a Superliga B de 2022.


Frase da Semana

“Grande potência!”

Antony sobre o bom momento do Ajax na Champions, após a vitória por 3 a 1 sobre o Dortmund, em que foi eleito o melhor em campo 


MOGI NO NBB
Após duas vitórias em casa, o Mogi Basquete sofreu o primeiro revés na temporada 21/22 do NBB. Jogando em BH, levou 109 a 75 do Minas, em duelo que começou equilibrado, mas os mogianos caíram muito de ritmo a partir do segundo quarto. E na sexta, pela 4ª rodada, outra pedreira: o invicto, favorito e atual campeão Flamengo, no RJ (partida não encerrada até fechamento desta Coluna). Na sequência da competição, os comandados do técnico Padovani retornam ao Alto Tietê pra enfrentarem o Rio Claro quinta, 20h, no Hugão. 

CORUJÃO E CORUJINHA
O Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) iniciou nesta semana a 41ª edição do Torneio Corujão e o 22º Corujinha de Futebol Society, que movimentam mais de 300 atletas. A bola já rolou com a garotada e dia 8 será a vez dos adultos entrarem em ação. O Corujinha é composto por equipes das categorias Sub-10, Sub-13 e Sub-16. A disputa do Corujão de Futebol Society tem 7 equipes na categoria Sport, 5 times na categoria Master e 4 na Sênior. De acordo com a Diretoria de Esportes, as finais estão previstas para acontecer em dezembro. 

OURO NO JUDÔ MUNDIAL
O judô brasileiro começou muito bem sua campanha no Mundial Militar, na França. Dos 8 judocas brasileiros que lutaram no 1º dia de competição, 6 foram ao pódio. Destaque para Rafaela Silva (57kg) e o mogiano Willian Lima (66kg) que se sagraram campeões mundiais. Jéssica Lima (57kg) foi prata, enquanto Amanda Lima (48kg), Aléxia Castilhos (63kg) e David Lima (73kg) ficaram com bronze. O caminho do ouro de Willian começou com vitória sobre Abrek Naguchev, da Rússia, nas quartas. Em seguida, venceu o francês Reda Seddouki,  por ippon, e chegou à decisão, onde bateu outro russo, Alim Balkarov,  no golden score.  


ON
» Rayssa Leal. Medalhista de prata em Tóquio, a skatista continua fazendo história. A brasileira de apenas 13 anos voltou a brilhar e conquistou a 2ª etapa consecutiva na Liga Mundial de Skate Street (LSL) nos EUA. A maranhense garantiu o título na última tentativa e alcançou feito inédito ao se tornar a primeira skatista a vencer duas etapas consecutivas no mesmo ano. A primeira vitória foi em Salt Lake City.  A decisão da SLS será dias 13 e 14 também em solo americano. 

OFF
» Torcida gremista.
Após perder de virada, por 3 a 1, do Palmeiras, indignados, torcedores gremistas saíram de trás do setor que fica as organizadas na Arena, invadiram o gramado, quebraram equipamentos de fotógrafos e destruíram a cabine do VAR. Enquanto isso, torcedores brigavam nas arquibancadas. Segundo a procuradoria do STJD, o Grêmio será denunciado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e pode perder até 10 mandos de campos no Brasileirão se for punido.