Hipismo entra na reta final para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Momento Equestre

Reprodução

Os cavaleiros brasileiros seguem obtendo resultados expressivos nas pistas internacionais, em busca de uma vaga para a equipe olímpica que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Medalhista de ouro em Atenas 2004, o consagrado cavaleiro Rodrigo Pessoa fez bonito, durante o fim de semana passado, no concurso internacional de salto quatro estrelas de Upperville. Montando a égua hannoverana Venice Beach, Rodrigo obteve duas vitórias em provas de velocidade disputadas dentro da programação do torneio, realizado no estado norte-americano da Virgínia.

Já o cavaleiro Pedro Junqueira Muylaert conquistou, no sábado 12 de junho, o primeiro lugar do concurso internacional de salto de cinco estrelas de La Baule, na França, montando o garanhão hannoverano Premboke 3.

No adestramento, o conjunto formado por João Victor Oliva e pelo puro sangue lusitano Escorial garantiu seu terceiro índice olímpico, mostrando que mantém-se forte na luta pela vaga em Tóquio. O feito aconteceu no dia 28 de maio, durante o Grand Prix do Concurso de Adestramento Internacional de Compiègne, na França.

Quem também ficou mais próximo de uma vaga foi o conjunto Marcelo Tosi e Genfly, que garantiu o índice olímpico no Concurso Completo de Equitação, durante o Bitcon International Horse Trials, torneio quatro estrelas disputado na Inglaterra, país considerado a meca da modalidade.

Agora, a expectativa é que os escolhidos para compor a delegação brasileira nas três modalidades hípicas olímpicas sejam definidos até o início do próximo mês. Afinal, os Jogos Olímpicos de Tóquio estão logo aí, com início previsto para o próximo dia 23 de julho. (Crédito da foto: Rebecca Walton)