Fase emergencial é prorrogada em todo o Estado de São Paulo

Etapa de maior restrição deve ser seguida pelas cidades de SP até o dia 11 de abril

Governo do Estado de São Paulo

Na sexta-feira, dia 26, em coletiva de imprensa realizada pelo vice-governador Rodrigo Garcia, foi anunciada a prorrogação da fase emergencial decretada pelo Governo do Estado de São Paulo até o dia 11 de abril.

De acordo com o coordenador do Centro de Contingência do Covid-19, Paulo Menezes, a ideia é reduzir progressivamente os casos graves da doença, isso, em conjunto com a campanha de vacinação: “Nós estamos hoje (26) contando 12 dias da fase emergencial, e começamos a ver o resultado positivo do sacrifício de toda a sociedade”.

Durante esta fase, fica suspensa a realização de celebrações religiosas e esportivas coletivas; uso de praias e parques; abertura de lojas de rua, inclusive material de construção; retirada presencial de mercadorias e alimentos nas lojas; abertura de shoppings, academias, clubes, cinemas, salões de beleza, teatros, concessionárias e escritórios; e atividades administrativas presenciais de setores não essenciais.