CNI observa evolução positiva no segundo trimestre de 2021

Levantamentos sobre a pequena indústria mostram que empresas estão confiantes para retomada aos negócios

Divulgação

O segundo trimestre de 2021 foi marcado por uma boa evolução das pequenas indústrias, de acordo com o Panorama da Pequena Indústria, feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Melhoras na confiança, perspectiva e situação financeira das empresas foram percebidas quando se fala dos micros e pequenos empresários.

“Para os próximos meses, há expectativa de novo aumento desse indicador, em decorrência: do avanço da vacinação no Brasil, que está atingindo faixas etárias que incluem a população economicamente ativa; do aumento do volume de produção; e da manutenção da criação de empregos no setor industrial”, diz o relatório técnico da pesquisa.

De acordo com a CNI, a melhora está relacionada à satisfação com o lucro operacional e com a facilidade de acesso ao crédito no período.

 

Levantamento

A estrutura dos índices leva em consideração volume de produção, número de empregados, utilização da capacidade instalada, satisfação com o lucro operacional e situação financeira, facilidade de acesso ao crédito, expectativa de evolução da demanda, intenção de investimento e de contratação entre outros itens.

A pesquisa é divulgada trimestralmente com base na análise dos dados da pequena indústria, levantados na Sondagem Industrial, na Sondagem Indústria da Construção e no Índice de Confiança do Empresário Industrial. Todos os meses, as pesquisas ouvem mais de 900 empresários de empresas de pequeno porte.