Cortesia - PI 50752 Fundo Social - DESKTOP Cortesia - PI 50752 Fundo Social - MOBILE

Alto Tietê

Unidade do HC de Suzano ganha espaço para cirurgias 

Iniciativa busca zerar a demanda de mais de 70 mil cirurgias eletivas

Fabrício Mello

Publicado

há 1 mês

em

Unidade do HC de Suzano ganha espaço para cirurgias 

Foto: Divulgação/Entregue. Hospital de Cirurgias iniciou funcionamento nesta quinta-feira (30)

Esta semana, o governador Rodrigo Garcia (PSDB) entregou, em Suzano, um hospital exclusivo para realização de procedimentos para o Mutirão de Cirurgias do Estado de São Paulo. A nova unidade, que passou a funcionar nesta quinta-feira (30), está localizada em um dos prédios do Hospital Auxiliar das Clínicas (HC) e dispõe de 120 leitos hospitalares.

Essa nova medida busca zerar a demanda por cirurgias eletivas, que chega a 540 mil pessoas, sendo 70 mil só no Alto Tietê. A iniciativa é uma parceria com o Hospital das Clínicas da FMUSP, que vai contratar cerca de 50 profissionais multidisciplinares para a realização das cirurgias. 

Acompanhado do prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, Garcia fez uma visita técnica ao espaço da unidade acompanhado do deputado federal Marcio Alvino (PL-SP), dos deputados estaduais Estevam Galvão (União) e André do Prado (PL), do secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, do secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, e do diretor-executivo da unidade, Eduardo Santocchi.

Segundo Garcia, em um primeiro momento, terão início os atendimentos ambulatoriais pré-operatórios para que, em julho, comecem a ser realizados os procedimentos cirúrgicos. A expectativa é de que 400 cirurgias eletivas sejam realizadas por mês no hospital por meio de encaminhamentos pela Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), priorizando municípios do Alto Tietê.

O Hospital das Cirurgias vai realizar procedimentos dos aparelhos circulatório e digestivo, como cirurgias de hérnia, varizes, fístula arteriovenosa para hemodiálise, entre outras. O investimento e o custeio do Governo de São Paulo serão de R$ 5 milhões para os próximos cinco meses.

Com isso, o governo estadual busca alcançar a meta dentro de um período de seis meses. Depois desse tempo, o local volta a ser absorvido pelo HC, para que o espaço seja destinado para outros tipos de atendimentos.

"Se não fizéssemos esse mutirão, levaríamos dois anos e meio para acabar com fila de espera. Por isso a importância do Hospital de Cirurgias em Suzano, o primeiro exclusivo para essa finalidade em todo o Estado de São Paulo”, explicou o governador.

O prefeito agradeceu a Garcia pelo empenho em garantir o serviço e também por proporcionar outros investimentos. "Ele teve sensibilidade e determinou a criação desse importante Hospital de Cirurgias, que já muito nos orgulha. Será um alívio para milhares de pessoas que há tempos aguardam pelos procedimentos", afirmou Ashiuchi.