Governo de São Paulo recua flexibilização e mantém Estado na fase de transição

O governador anunciou que São Paulo permanecerá na fase atual até o dia 14 de junho

Reprodução

Durante a coletiva de imprensa realizada pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (26/05), o governador, João Doria anunciou novas medidas a serem seguidas em São Paulo neste momento.

Uma das principais é o recuo na flexibilização da quarentena no Estado, ou seja, a fase de transição, em vigor hoje, será prorrogada até 14 de junho.

Na atual fase, o funcionamento do comércio e serviços é permitido das 6h às 21h e a capacidade máxima de pessoas nos estabelecimentos segue em 40%. O toque de recolher seguirá das 21h às 5h

Vale lembrar, que na quarta-feira anterior (19/05), o governador disse que a partir de 1º de junho começaria uma nova fase do Plano de Retomada Econômica. Os comércios poderiam funcionar até 22h (em vez de 21h) e a ocupação máxima subiria de 40% para 60%.