Pedreiro é morto no próprio carro em homicídio qualificado em Guararema

Divulgação PM

Policiais Civis do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Mogi das Cruzes e da Delegacia de Polícia de Guararema (DEMACRO) efetuaram a apreensão de dois homens na manhã de sábado, 02 de fevereiro, os presos estão envolvidos com a morte de um pedreiro no bairro, Jardim Luiza, área rural de Guararema.
A vítima foi encontrada sem vida e caída sobre os bancos dianteiros do veículo, a vítima estava com um cadarço ao redor do pescoço e uma lesão grave na cabeça causada por uma barra de ferro.
O indivíduo foi encontrado pelos familiares que acionaram a Polícia, o Delegado Dr. Denis Miragaia, apurou que a última pessoa que esteve com a vítima foi o cunhado, os policiais se dirigiram até a casa do suspeito e lá encontraram o suspeito com as roupas sujas de sangue. Após diversas versões da historia o homem confessou ter participação no crime.
O cunhado, de penas 20 anos, admitiu ter encontrado a vítima num bar na companhia de outro indivíduo, de 19 anos, os três saíram juntos no carro da vítima.
O cunhado conta que em determinado local o terceiro indivíduo, forçou o pedreiro a sair do carro e estrangulou a vítima com o cadarço e em seguida o golpeou com uma barra metálica.
A equipe da polícia se dirigiu até a residência do terceiro suspeito e conseguiram deter o mesmo em sua tentativa de fuga, o homem apresentava ferimentos típicos de uma briga corporal mas negou que tivesse cometido o crime, contou apenas que conhecia a vítima de tempos atrás.
Com todos os indícios apurados a dupla foi presa em flagrante por homicídio qualificado.