Secretários de Mogi das Cruzes sofrem processo de exoneração

Eder Veiga

Durante a semana, as secretarias da Prefeitura de Mogi das Cruzes passaram por duas mudanças. Na terça-feira, dia 9, a secretária da Educação, Rosemeire Tonete, pediu exoneração do cargo por motivos pessoais.

De acordo uma nota do executivo, até que um novo titular para o cargo seja anunciado, o secretário adjunto de Educação, Caio Callegari, seguirá interinamente no comando da secretaria.

Além disso, também no dia 9, o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, recebeu uma recomendação do Ministério Público para que o secretário da Saúde, Henrique Naufel, fosse exonerado de seu cargo.

Crédito: Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes

A exigência ocorre após uma polêmica acontecida no mês de janeiro, quando Naufel foi acusado de passar na frente da fila prioritária de vacinação contra Covid-19. Em pronunciamento feito após as acusações, o prefeito Caio Cunha defendeu seu secretário, afirmando que faz sentido Naufel ter se imunizado “sendo ele profissional da saúde que frequenta os espaços de alto risco de contaminação de Covid”, finaliza.