Mobilização ‘Todos Contra o Pedágio’ acontece em Mogi das Cruzes

Artesp informou a realização de consultas públicas no município em 2019

Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes

No último domingo, dia 16, autoridades municipais e cidadãos de Mogi das Cruzes realizaram uma mobilização contra o pedágio que será instalado na Mogi-Dutra. O movimento 'Todos Contra o Pedágio' foi apoiado pelo prefeito Caio Cunha, que ressalta o despreparo da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), ao não pensar no impacto econômico da medida para os moradores do Alto Tietê.

“Havia sido acordado que nada seria decidido sem que antes fosse discutido com o poder público de Mogi das Cruzes, para que o desenvolvimento da cidade não fosse afetado. Eles podem lançar editais, podem afirmar que serão um, dois ou até três pedágios, mas enquanto eu for prefeito, isso não vai acontecer”, enfatizou Cunha nas redes sociais.

Governo do Estado de São Paulo

De acordo com o Governo do Estado, para contar com a participação das comunidades locais, organizações não governamentais e grupos de entidades representativas, a Artesp organizou quatro audiências públicas, entre os dias 21 a 25 de outubro de 2019, nas cidades de São Paulo, Mogi das Cruzes, Itanhaém e Bertioga.

A participação popular e de outras entidades também ocorreu na Consulta Pública realizada entre o período de 30 de outubro a 30 de novembro.

“Esse lote traz importantes avanços nas obrigações contratuais, o que consolida a agência reguladora como referência nacional e internacional no segmento”, afirma Milton Persoli, diretor-geral da Artesp.