Guararema: Vacinação contra a gripe é suspensa por falta de doses

Secretaria Municipal de Saúde informou já estar em contato com os órgãos necessários para solicitar o encaminhamento de novas doses

Vitoria Mikaelli

A Secretaria Municipal de Saúde suspendeu temporariamente a vacinação contra a gripe no município por conta da falta de doses. A campanha de imunização contra o vírus Influenza será retomada assim que o governo do Estado enviar novos lotes de vacinas.

Desde o início da campanha de vacinação contra a gripe 2021, mais de 8,8 mil pessoas já se imunizaram em Guararema.

A informação foi confirmada pela Pasta na manhã desta quarta-feira (14). A secretária municipal de Saúde, Adriana Martins, explicou que o município continua com a estrutura suficiente para dar sequência à campanha de imunização desde que mais doses sejam encaminhadas para a cidade.

"Já estamos em contato com os órgãos competentes para que mais doses sejam direcionadas para Guararema, para que possamos dar andamento ao processo de imunização", completa a titular da Pasta.

Desde a última segunda-feira (12/07), a Secretaria Municipal de Saúde está imunizando toda a população acima dos seis meses de idade.

Iniciada em 12 de abril, a campanha de imunização contra a gripe vacinou na primeira etapa crianças de seis meses a cinco anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas e trabalhadores da Saúde. Na segunda etapa, iniciada em 11 de maio, foi aberta a vacinação para idosos com 60 anos ou mais e professores de escolas públicas e privadas.

Causada pelo vírus da Influenza, a gripe é uma infecção aguda que afeta o sistema respiratório e tem grande potencial de transmissão. A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a doença, que pode levar a complicações graves e até a morte.