Conheça a verdadeira história do carnaval Brasileiro

O carnaval é uma festa típica brasileira, o ser humano sempre gostou de festejar, agradecer a vida e as coisas boas que recebem! Entre os gregos, nos tempos antigos, existia uma festa muito parecida com o carnaval, as festas dionisíacas, em honra ao deus pagão Dionísio, deus do vinho.
Nestas festas as pessoas se divertiam e chegavam ao exagero da embriagues! Com muito vinho e comidas típicas, mas ninguém se sentia culpado por isso, pois este era o espírito da comemoração. Há quem fale que o carnaval tem suas raízes nestas festas antigas, e quando a igreja católica nasceu encontrou os homens já acostumados a esse tipo de festa.
Logicamente os cristãos não eram adeptos aos mesmos tipos de exageros, nem de bebidas, quanto de libertinagem e algazarras, para os devotos o verdadeiro espírito da festa era a celebração da vida de Jesus e não os momentos de euforia passageiros.
A palavra carnaval significa adeus a carne e parece ter origem cristã, a festa sempre acontecia antes do início da quaresma, tempo onde é proibido o consumo de carne, assim, antes de começar o jejum as pessoas aproveitavam para saciar suas vontades na terça-feira de carnaval.
Atualmente existem até os chamados carnaval com Jesus, onde os cristãos brincam de carnaval, mas a igreja ainda frisa os cuidados que devem ser tomados com os exageros cometidos nessa época. Tudo que é demais prejudica.
Ninguém deve ser proibido de pular carnaval, mas quando existe o exagero de bebidas, drogas e libertinagem os perigos e a imprudência podem transformar toda a alegria e diversão em tragédia e sofrimento.
Concordamos com os que pensam que o carnaval é um evento mais complexo do que realmente aparenta, acreditamos que sua diversidade e sua irreverencia tantas vezes criticada iluminam, revelam e expõem fantasias que não amortecem, mas desafiam e confrontam a realidade vivida.
Esteja você onde estiver, desejamos um bom carnaval! E que depois dele possamos voltar a nossa realidade, mais alegre, solidários, dispostos a ousar e a sonhar; porque disso também é feito um país: de ousadia, de sonhos e de solidariedade.