Presidente fala sobre as ações do Observatório Social

Em conversa com o jornal O Novo, Ricardo Hamad comentou importância do Observatório para economia aos cofres públicos de Jacareí

Produção

Nesta semana, o presidente do Observatório Social (OS) de Jacareí, Ricardo Hamad, conversou com O Novo para explicar os objetivos e conquistas recentes ao município. 
Inaugurado em 2016 na cidade, o observatório atua como um espaço para exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário. Ele reúne entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública. 
Em Jacareí, segundo Hamad, já são mais de 40 entidades parceiras. A Microsoft é quem fornece os softwares utilizados pelo observatório e ajuda com ferramentas de inteligência artificial. 
Segundo o presidente, engenheiro formado pelo ITA e coordenador do grupo de grandes empresas da região no CIESP Jacareí, o OS basicamente analisa a eficiência da gestão pública. “Todos os recursos que são gastos, no nosso caso em âmbito municipal, são monitorados para tentar entender se estão sendo devidamente gastos”, explicou. 
O Observatório Social conta com rede de voluntários sem filiação partidária e metodologia para desenvolver o trabalho na cidade, que é composto por monitoramento das compras públicas municipais, desde a publicação do edital de licitação até o acompanhamento da entrega do produto ou serviço, agindo preventivamente no controle social dos gastos públicos.
“A gente vê muita coisa errada na administração pública e normalmente isso é devido a três i’s: ignorância, como acontece quando a pessoa é contratada mas não tem experiência na área; incompetência, em que a pessoa sabe o que precisa ser feito mas não faz por falta de recursos ou motivação; e interesse, que são casos que a gente deixa para quem deve resolver, pois não somos polícia nem fiscais”, comentou Hamad.
De acordo com a presidência, de 2016 a 2017 a economia gerada aos cofres públicos de Jacareí, com a colaboração do monitoramento de licitações feito pelo OS, foi de R$ 7.572.106,22. Dentre as ações do último ano, destacam-se mais de 200 informes divulgados à sociedade e 18 a empresas, 115 pedidos de informação, 36 editais avaliados e 11 certames acompanhados.
O Observatório também passou a contribuir para a reformulação e atualização do Portal de Transparência do município.
O OS de Jacareí conta com vice-presidência de Ana Claudia Marino, quatro diretores, voluntários e membros do Conselho Fiscal.