Homem negro morre após ser agredido em unidade Carrefour em Porto Alegre

Agressão aconteceu um dia antes do Dia da Consciência Negra

Reprodução

Na noite da última quinta-feira, 19, às vésperas do Dia da Consciência Negra, um homem negro foi morto por uma agressão de dois homens brancos em uma unidade do mercado Carrefour de Porto Alegre. O homem se chamava João Alberto Silveira Freitas e tinha 40 anos de idade. Os agressores foram presos.

De acordo com as informações, a vítima discutiu com o operador de caixa e foi levada pelo segurança para o estacionamento do mercado. O segurança foi acompanhado por um Policial Militar temporário, que havia sido contratado para atividades administrativas e o deslocamento acabou em fortes agressões.

Segundo informações do delegado, tudo começou quando Freitas desferiu um soco contra a PM. A partir disso os outros dois rapazes começaram a agredir a vítima, e chegaram até mesmo a subir em cima do corpo dele, entre várias outras agressões ocorridas contra a vítima.

Freitas fazia parte de uma equipe de Futebol de Porto Alegre e vem sendo homenageado nas redes sociais com mensagens de ''vidas negras importam''. Em nota, o Carrefour disse que lamenta profundamente o caso e que está iniciando uma rigorosa apuração interna.